Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

1

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

1

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 67 Número 2




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Erisipela: estudo retrospectivo de 235 casos

A hundred: retrospective study of 235 cases


NURIMAR CONCEIÇÃO FERNANDES1, VIVIAN BALASSIANO2, CARLA ÁVILA RIBEIRO DE CASTRO2, ROSÂNGELA APARECIDA MARTINS3

1Professor Adjunto de Dermatologia, Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da UFRJ
2Residente de Dermatologia, Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, UFRJ
3Estatistico - Hospital Universitário Clementino Fraga Filho - UFRJ

Trabalho realizado nos Serviços de Dermatologia, Clínica Médica e Doenças Infecciosas e Parsitárias do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho - UFRJ.

Correspondência:
Rua Alexandre de Gusmão, 28/201 20520 - Rio de Janeiro - RJ

 

Resumo

Foram estudados 235 casos de erisipela em 100 pacientes masculinos e 135 femininos em sua maioria na faixa etária de 50-59 anos no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho - UFRJ no período de 1978-1979. Localizou-se preferencialmente em membros inferiores (92,3%), cursou com febre baixa em 50,8% e adenomegalia regional em 85,5%, 66,4% não referiram traumas e 59,1% não apresentavam diabetes. O intertrigo em pés e a insuficiência venosa crônica não favoreceram a doença. Laboratorialmente, leucocitose (77%) e aumento da velocidade de hemossedimentação (68%). Staphhylococcus coagulase positivo foi isolado em metade dos casos examinados de forma bolhosa.

Palavras-chave: ERISIPELA

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações