Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 65 Número S1




Voltar ao sumário

 

Temas de atualização

As técnicas de imunofluorescências e sua contribuição ao estudo da patogenia dos pênfigos


EVANDRO A. RIVITTI1, ZILDA NAJJAR PRADO DE OLIVEIRA2, LUÍS A. DÍAZ3, LUCY MASSACO MIYAUCHI4

1Professor Titular do Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da USP
2Médica Assistente da Divisão de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP
3Professor Titular do Departamento de Dermatologia do Medical College of Wisconsin
4Biologista da Divisão de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Correspondência:
Evandro A. Rivitti Hospital das Clínicas da FMUSP Departamento de Dermatologia Caixa Postal 8091 00001 - São Paulo - SP

 

Resumo

Os autores realizaram trabalho de revisão sobre as técnicas de imunofluorescência aplicadas ao estudo das dermatoses bolhosas, particularmente os pênfigos. São considerados as contribuições da imunofluorescência à diagnose dos pênfigos, bem como se faz a atualização dos conhecimentos relativos à sua patogenia. Além disso, relata-se a experiência pessoal dos autores em determinados aspectos deste grupo de afecções particularmente em relação ao pênfigo foliáceo endêmico.

Palavras-chave: IMUNOFLUORESCÊNCIA, PENFIGO FOLIÁCEO ENDÊMICO, DERMATOSES BOLHOSAS

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações