Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 65 Número S1




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Avaliação imunológica e histopatológica da reação de Montenegro

Avaliação imunológica e histopatológica da reação de Montenegro


ANTÔNIO CARLOS MARTINS GUEDES1, LUIZ CARLOS CUCÉ2, TANCREDO FURTADO3

1Professor Adjunto do Serviço de Dermatologia da UFMG
2Professor Doutor do Departamento de Dermatologia da FMUSP
3Professor Titular do Serviço de Dermatologia da UFMG

Trabalho realizado na Divisão de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e Serviço de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais.

Correspondência:
Antônio Carlos Martins Guedes Alameda Álvaro Celso, 55 30150 - Belo Horizonte - MG

 

Resumo

A região intradérmica de Montenegro e investigação mediante a avaliação imunológica dos pacientes de leishmaniose tegumentar americana submetidos ao teste. Através de biópsias da reação cutânea são analisados o aspecto histopatológico, a participação dos linfócitos T e B e das imunoglobulinas na positivação do teste. Ratifica-se a participação da imunidade celular do tipo tardio na sua positivação. Dados controversos da literatura são discutidos, particularmente quanto à negativação do teste após a cura clínica. Fica evidente a necessidade de se padronizar o teste e, especialmente, as características do antígeno.

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações