Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 59 Número 2




Voltar ao sumário

 

Artigo Original

Micose fungóide; Ensaio terapêutico com a cinarizina


NEIDE KALIL-GASPAR1, ANTÔNIO PEDRO GASPAR2, ANA MARIA NUNES MENDONÇA3

1Professora-Adjunta de Dermatologia do Departamento de Medicina Clínica (MMC) do Centro de Ciências Médicas (CCM) da Universidade Federal Fluminense (UFF)
2Professor-Assistente de Dermatologia - MMC - CCM - UFF
3Professor-Adjunto de Anatomia Patológica do Departamento de Patologia e Apoio Clínico - CCM – UFF.

 

Resumo

Três pacientes portadores de micose fungóide em estágio pré-tumoral foram tratados com cinafitina. Os aspectos etiopatogênicos da doença e as características farmacológicas da droga são revisados. Todos os casos foram diagnosticados clínica e histologicamente. O tratamento produziu remissão persistente dos sinais clínicos e histológicos. A droga foi bem tolerada e apresentou evidências de utilidade no tratamento dos estágios iniciais da enfermidade. Mesmo levando em consideração o curto período de obsesvação, a uniformidade da resposta terapêutica e a duração das remissões são consideradas mimadoras.

Palavras-chave: CINARIZINA, MICOSE FUNGÓIDE, MYCOSIS, FUNGOIDES*

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações