Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

15

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

15

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 59 Número 1




Voltar ao sumário

 

Artigo Original

Aspectos microbiológicos dos espaços interdigitais dos pés - I. Microbiota aeróbia dos espaços interdigitais dos pés

Microbiological aspects of toe webs - I. Aerobial microbiota of toe webs


TÂNIA LUDMILLA DE ASSIS1, LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA2, ABSALOM LIMA FILGUEIRA3, GILNEY ASSAD DE MATTOS4

1Doutora em Medicina - Professora-Adjunta da Faculdade de Medicina da UFRJ
2Doutor em Microbiologia - Professor-Adjunto do Instituto de Microbiologia da UFRJ e da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual do Rio de Janeiro
3Livre-Docente e Doutor em Dermatologia - Professor-Adjunto da Faculdade de Medicina da UFRJ
4Estagiário do Instituto de Microbiologia da UFRJ

Trabalho realizado no Curso de Pós-Graduação em Dermatologia (Coordenador: Prof. R. D. Azulay), Departamento de Clínica Médica, Faculdade de Medicina, Universidade do Rio de Janeiro (UFRJ), no Hospital Universitário e no Instituto de Microbiologia da UFRJ, com auxílio financeiro da FINEP.

Correspondência:
Serviço de Dermatologia Hospital Universitário / UFRJ Cidade Universitária Ilha do Fundão - Rio de Janeiro RJ - Brasil

 

Resumo

Os autores ao atualizarem o tema, investigaram a microbiota dos espaços interdigitais dos pés sadios, apenas observada com as limitações dos métodos laboratoriais ajustados à realidade de nossa prática hospitalar. Para tanto, os espaços interdigitais dos pés de 25 indivíduos foram examinados do ponto de vista bacteriológico e micológico. Em concordância com a literatura estrangeira, puderam concluir que basicamente a flora normal desta localização está constituída pelos estafilococos coagulase-negativos (principal constituinte), difteróides não-fluorescentes (em menor percentual), estafilococos coagulase-positivos (transitórios) e Candida sp (eventualmente).

Palavras-chave: PÉS, ESPAÇOS INTERDIGITAIS, PÉS, MICROBIOTA, PÉS, FLORA NORMAL.

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações