Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 82 Número 6




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Carcinoma basocelular simulando tumor intranasal: tratamento com cirurgia micrográfica pelo método de Munique

Basal cell carcinoma mimicking intranasal tumor: treatment by Munich method of micrographic surgery


LUIS FERNANDO FIGUEIREDO KOPKE1, JULIETA NEIVA BATISTA2, PATRICIA SALOMÉ GOUVÊA3

1Mestre em dermatologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Belo Horizonte (MG), Brasil. Pós-graduado em dermatologia cirúrgica (cirurgia micrográfica) pela Universidade de Munique – Munique (Baviera), Alemanha.
2Cirurgiã plástica do Hospital Biocor – Belo Horizonte (MG), Brasil.
3Patologista do Hospital Biocor – Belo Horizonte (MG), Brasil.

Recebido em 21.09.2004. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 14.11.2007. * Trabalho realizado no Hospital Biocor – Belo Horizonte (MG), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None Como citar este artigo / How to cite this article: Kopke LF, Batista JN, Gouveia PS. Carcinoma basocelular simulando tumor intranasal: tratamento com cirurgia micrográfica pelo método de Munique. An Bras Dermatol. 2007;82(6):543-7

Correspondência:
Luis Fernando Figueiredo Kopke Rua Rio Grande do Norte 1560/702 30130 131 - Belo Horizonte - MG Tel./Fax: (31) 3227-9898 "E-mail":luiskopke@kopkedermatologia.med.br

 

Resumo

Relata-se caso incomum de carcinoma basocelular que simulava tumor intranasal de crescimento expansivo, na cavidade da narina esquerda. Operado com cirurgia micrográfica pelo método de Munique, foi possível demonstrar que o tumor se originava da pele aparentemente normal e suprajacente do nariz. Por ser tridimensional, esse método de cirurgia micrográfica permite estudo mais preciso da peça cirúrgica. Discutem-se também aspectos peculiares da cirurgia micrográfica pelo método de Munique, o que contribui para a ampliação do conceito das cirurgias microscopicamente controladas.

Palavras-chave: CIRURGIA, CIRURGIA DE MOHS, PATOLOGIA CIRÚRGICA, REOPERAÇÃO, ANEURISMA ROTO

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações