Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 82 Número 6




Voltar ao sumário

 

Artigo de revisão

Granulomas não-infecciosos: sarcoidose

Noninfectious granulomas: sarcoidosis


PATRÍCIA ÉRICA CHRISTOFOLETTI DALDON1, LÚCIA HELENA FÁVARO ARRUDA2

1Professora doutora da Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), Hospital e Maternidade Celso Pierro – Campinas (SP), Brasil. Médica dermatologista das Policlínica II, Serviço Municipal de Saúde de Campinas – Campinas (SP), Brasil.
2Chefe do Serviço de Dermatologia do Hospital e Maternidade Celso Pierro, professora da Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) – Campinas (SP), Brasil.

Aprovado pelo Conselho Editorial para publicação em 24.10.2007. * Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia, Hospital e Maternidade Celso Pierro, Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) – Campinas (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None Como citar este artigo/ How to cite this article: Daldon PEC, Arruda LHF. Granulomas não infecciosos: sarcoidose. An Bras Dermatol. 2007;82(6):559-71.

Correspondência:
Patrícia E. C. Daldon Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de Campinas/PUCCampinas - Serviço de Dermatologia, Hospital e Maternidade Celso Pierro Av. John Boyd Dunlop s/n, Jardim Ipaussurama 13059-900 Campinas-SP "E-mail":patdaldon@hotmail.com

 

Resumo

sarcoidose é doença granulomatosa não infecciosa de etiologia desconhecida, de cuja patogênese parecem participar os fatores genéticos, imunológicos, ambientais e infecciosos. Vários órgãos podem ser afetados, causando amplo espectro de manifestações clínicas. A pele é acometida em cerca de 20 a 35% dos casos, proporcionando ao dermatologista importante papel no diagnóstico da doença. Epidemiologia, imunologia e tratamento também são discutidos para prover melhor entendimento dessa enfermidade.

Palavras-chave: MANIFESTAÇÕES CUTÂNEAS, SARCOIDOSE, SARCOIDOSE/DIAGNÓSTICO, SARCOIDOSE/EPIDEMIOLOGIA, SARCOIDOSE/GENÉTICA, SARCOIDOSE/PATOLOGIA, SARCOIDOSE/TERAPIA, SARCOIDOSE/DIAGNÓSTICO, SARCOIDOSE/EPIDEMIOLOGIA, SARCOIDOSE/ETIOLOGIA, SARCOIDOSE/IMUNOLOGIA, SARCOIDOSE/MORTALIDADE, SARCOIDOSIS/PATHOLOGY SARCOIDOSIS/THERAPY

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações