Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

5

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

5

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 59 Número 6




Voltar ao sumário

 

Artigos originais

Aspectos microbiológicos dos espaços interdigitais dos pés III. Associação de fungos e bactérias em lesões intertriginosas dos pés

MICROBIOLOGICAL ASPECTS OF TOE WEBS III. FUNGI AND BACTERIA ASSOCIATION IN INTERTRIGENOUS LESIONS OF TOE WEBS


TÂNIA LUDMILA DE ASSIS1, LUIZ CARLOS DUARTE FORMIGA2, ABSALOM LIMA FILGUEIRA3, GILNEY ASSAD DE MATTOS4

1Doutor em Medicina - Professor Adjunto da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
2Doutor em Microbiologia - Professor Adjunto do Instintuto de Microbiologia da UFRJ e da Faculdade de Ciências Médicas da UERJ
3Livre-Docente e Doutor em Dermatologia - Professor-Adjunto da Faculdade de Medicina da UFRJ
4Estagiário do Instintuto de Microbiologia da UFRJ

*Trabalho realizado no Curso de Pós-Graduação em Dermatologia (coordenador: Prof. R.D.Azulay), Departamento de Clínica Médica, Faculdade de Medicina, UFRJ, no Hospital Universitário e no Instintuto de Microbiologia da UFRJ, com auxílio financeiro da FINEP.*

Correspondência:
Tânia Ludmila de Assis Serviço de Dermatologia Hospital Universitário - UFRJ Cidade Universitária - Ilha do Fundão 21910 - Rio de Janeiro - RJ

 

Resumo

Partindo de comprovação de que a flora microbiana potencialmente patogênica nas lesões intertriginosas dos pés revelou-se qualitativamente expressiva e da qual fazem parte uma grande variedade de bactérias oportunistas, os autores se propuseram a verificar de que modo esses microorganismos se associam entre si naquelas lesões, bem como a incidência das possíveis associações microbianas. Pesquisaram, ainda, a associação microbiana nos espaços interdigitais sadios, adjacentes, porém, aos espaços lesados.

Palavras-chave: PÉ, PÉS, ESPAÇOS INTERDIGITAIS*, MICROBIOTA*, PÉS,ASSOCIAÇÃO MICROBIANA*, MICROBIAL FLORA*

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações