Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 78 Número 2




Voltar ao sumário

 

Investigação

Estudo histopatológico de casos de eritema crônico migratório diagnosticados em Manaus

Histopathological study of erythema chronicum migrans cases diagnosed in Manaus


ITELVINA SURIADAKIS DE MELO1, ALCIDARTA DOS REIS GADELHA2, LUIZ CARLOS DE LIMA FERREIRA3

1Mestre em Patologia / Patologista da Fundação Alfredo da Matta
2Doutor em Dermatologia, Professor titulado em dermatologia pela Universidade Federal de Amazonas.
3Doutor em Patologia, Professor titulado na Universidade Federal do Amazonas.

Recebido em 30.03.2000. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 05.11.2002. Trabalho realizado na Fundação de Dermatologia Tropical e Venerologia Alfredo Da Matta; Fundação de Medicina Tropical do Amazoas e Laboratórios Reunidos.

Correspondência:
Itelvina Suriadakis de Melo Av. Constantino Nery, 233 / 104 Manaus AM 69010-160 Tel: (92) 233-0834 / (92) 9984-1389

 

Resumo

*Fundamentos:* O estudo das alterações histopatológicas em relação ao eritema crônico migratório (doença de Lyme) e a demonstração do agente etiológico em tecidos são pouco divulgados no Brasil e na Região Norte. *Objetivos:* Descrever as principais alterações histopatológicas existentes nas biópsias cutâneas de pacientes com diagnóstico clínico de eritema crônico migratório (ECM). Demonstrar a Borrelia sp em cortes histológicos. *Material e Métodos:* Biópsias da pele de 31 pacientes foram incluídas em parafina para obtenção de cortes histológicos que foram corados em hematoxilina eosina (HE) pelo Warthin Starry e Warthin Starry modificado pH 4.0 (pirocatecol), visando investigar as principais alterações histopatológicas e demonstrar Borrelia sp respectivamente. *Resultados:* As principais alterações verificadas foram: na epiderme, espongiose em 15 casos (44,12%); na derme, infiltrado constituído por linfócitos, histiócitos e eosinófilos em oito casos (15,69%)s. O infiltrado na derme foi encontrado em torno de vasos com disposição em manguito em nove casos (29,04%). A Borrelia sp foi detectada em um caso (3,22%) pela técnica de coloração de Warthin Starry. *Conclusões:* Os infiltrados na derme, constituídos por linfócitos, histiócitos e eosinófilos apresentavam as seguintes disposições: em torno de vasos em forma de manguito e no interstício; em torno de vasos e no interstício. Essa composição e distribuição foram consideradas de maior relevância para o diagnóstico de ECM. Pela primeira vez, na região amazônica brasileira foi demonstrada a presença de Borrelia sp em biópsia de paciente com suspeita diagnóstica de ECM em corte histológico corado pela técnica de Warthin Starry.

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações