Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 57 Número 4




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Um caso de micetoma nocardiósico - Reavaliação doze anos após a cura clínica

MYCETOMA DUE TO NOCARDIA BRASILIENSIS - RE-EVALUATION TWELVE YEARS AFTER CLINICAL CURE


ALEXANDRE MELLO FILHO1, NÉLSON GUIMARÃES PROENÇA2, IVAL PERES ROSA3, WALTER AUGUSTO PEREIRA4

1Chefe da Clínica Dermatológica do Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo, Professor-Assistente da Disciplina de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
2Professor Pleno da Disciplina de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
3Assistente da Clínica Dermatológica do Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo
4Residente de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Trabalho realizado na Disciplina de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e na Clínica Dermatológica do Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo. Apresentado na II Reunião Anual do Centro de Estudos Dermatológicos Adolpho Lindemberg em 18/10/1980

Correspondência:
Alexandre Mello Filho Rua Bartiria, 176/81 05009 - São Paulo - SP

 

Resumo

Os autores reavaliam um caso de micetoma actinomicético nocardiósico, 12 anos após a cura clínica Não obstante a multiptícidade das lesões existentes, com acometimento ósseo extenso, enfatizam que foi obtida uma resposta rápida com o emprego da associação corticosteróide-sulfamídico. A cura se mantém decorridos 12 anos. A reavaliação clínica mostrou apenas lesões cicatriciais. O estudo radiológico mostrou que no fémur as alterações se mantinham, e, ainda mais, que houve recuperação completa das alterações radiológicas inicialmente observadas em fíbula e tíbia

Palavras-chave: MICETOMA, NOCARDIOSE

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações