Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 57 Número 4




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Botriomicose

BOTRYOMYCOSIS


ELISABETH LANGER WROCLAWSKI1, LUIZ CARLOS CUCÉ2, ALBERTO SALEBIAN3

1Médico adida da Clínica Dermatológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP
2Docente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP - Professor-Titular da Faculdade de Medicina de Santo Amaro
3Micologista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (Diretor: Professor Carlos da Silva Lacaz)

Trabalho realizado no hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Divisão de Dermatologia, Serviço do Professor Sebastião A.P. Sampaio

Correspondência:
Elisabeth Langer-Wroclawski Al. Lorena, 1350/164 01424 - São Paulo - SP

 

Resumo

Os autores apresentam um caso de botriomicose tegumentar, no qual os agentes etiológicos identificados foram Staphylococcus aureus e Escherichia coli e constataram, em revisão bibliográfica, apenas 68 casos humanos publicados na literatura mundial e o primeiro na nacional O doente foi tratado um ano com antibiótico e quimioterapia associados e obteve-se cicatrização total das lesões.

Palavras-chave: BOTRIOMICOSE, PSEUDOMICOSE BACTERIANA, ACTINOFITOSE ESTAFILOCÓCICA, BACTERIOSE GRANULAR

© 2018 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações