Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

21

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

21

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 58 Número 2




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Aspectos do problema da sífilis em duas unidades de atenção gestantes na capital de São Paulo

SOME ASPECTS OF THE SYPHILIS PROBLEM IN TWO PREGNANT WOMEN CARE UNITS IN S. PAULO CITY, STATE OF S. PAULO, BRAZIL


VALDENICE FERNANDES DA CUNHA1, JOÃO PESSOA DE PAULA CARVALHO2, WALTER BELDA3

1Mestrando junto à Disciplina de Laboratório de Saúde Pública do Departamento de Prática de Saúde Pública
2Do Departamento de Prática de Saúde Pública
3Do Departamento de Epidemiologia

Trabalho da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo

Correspondência:
João Pessoa de Paula Carvalho Av. Dr. Arnaldo, 715 01255 - São Paulo - SP

 

Resumo

Os autores estudam, sob o prisma da infecção sifilítica, duas populações de gestantes marcadamente diferentes em relação às condições sócio-econômicas e atendimento pré-natal. No Centro de Saúde Geraldo de Paula Souza da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo são analisados os dados referentes a 2.909 gestantes em termos de estado civil, cor e grupo etário, no periodo correspondente a 1970-1979. Igual levantamento foi realizado entre 3.859 gestantes no Amparo Maternal, entidade filantropica, nos anos de 1978 e 1979. No primeiro grupo obteve-se 3,0% de reatividade e, no segundo, 9,4%.

Palavras-chave: DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS, SÍFILIS, PREVENÇÃO E CONTROLE

© 2019 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações