Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

42

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

42

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 58 Número 1




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Vasculite livelóide

Livedo vasculitis


CÉLIA REGINA DE CARVALHO 1, ANTÔNIO DE SOUZA MARQUES2

1Residente (R2) do Serviço de Dermatologia do Hospital Central do IASERJ - Rio de Janeiro.
2Consultor em Dermatologia do Serviço de Dermatologia do Hospital Central do IASERJ.

Prêmio Porf.J. RAMOS E SILVA, conferido ao melhor trabalho sobre os temas do Congresso (carcinoma, vasculite, imunopatologia em dermatologia) no XXXVI Congresso Brasileiro de Dermatologia. Salvador - BA - 1981. Trabalho Realizado na Clínica Dermatológica do IASERJ-RJ(Chefe de Serviço - Prof.Glyne Leite Rocha).

Correspondência:
Célia Regina de Carvalho R.Hadock Lobo, 300/402-B.1 20260-Rio-RJ

 

Resumo

Sete casos de vasculite livedóide foram estudados quanto a seus aspectos clínicos, laboratoriais e histopatológicos. Os achados cutâneos se localizavam nos membros inferiores, em mulheres de meia idade, portadoras de varizes. As lesões consistiam em máculas eritêmatopurpúricas, ulcerações e nódulos que evoluíam para lesões acrômicas com atrofia. Na histopatologia havia proliferação segmentar de vasos capilares na derme papilar, média, inferior e tecido adiposo. Esses vasos apresentavam paredes hialinizadas, muitas vezes ocluídas. Em um caso, observaram-se, pela imunofluorescência direta, depósitos de imunoglobulinas e fibrina na parede dos vasos. Classificamos a vasculite livedóide como uma síndrome vascular de pequenos vasos, crônica, recorrente, por depósito de imunocomplexo.

Palavras-chave: VASCULITE LIVEDÓIDE, ATROFIA BRANCA DE MILIAN, VASCULITE SEGMENTAR HIALINIZANTE DA DERME

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações