Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

1

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

1

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 58 Número 2




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Melanoma - Estudo casuístico do Instituto de Câncer de Londrina

MELANOMA - CASUISTRY STUDY IN THE CANCER INSTITUTE OF LONDRINA


LORIVALDO MINELLI1, VERA LÚCIA PEREIRA2

1Professor-Adjunto de Dermatologia do Centro de Ciências da Saúde (CSS) da Universidade Estadual de Londrina (UEL) Paraná
2Estagiária de Dermatologia do CCS da UEL

Trabalho das Disciplinas de Dermatologia (Serviço do Prof. Raymundo Martins Couto e de Psiquiatria da Escola Paulista de Medicina)

Correspondência:
Lorivaldo Minelli Rua Hugo Cabral, 933, ap. 61 - 6º andar 86100 - Londrina - PR

 

Resumo

Os autores realizaram um estudo sobre 59 pacientes portadores de melanoma, atendidos de 1970 a 1980 no Serviço de Oncodermatologia do Instituto de Câncer de Londrina (Paraná – Brasil), observando os seguintes dados: 34 (57,62%) eram do sexo masculino e 25 (42,37%) do sexo feminino. Cinqúenta e sete (96,61%) eram brancos e apenas dois (3,38%) eram pardos. A faixa etária presominante estava entre os 46 e os 65 anos. Finalmente, a doença mais intensamente nos trabalhadores expostos ao sol.

Palavras-chave: MELANOMA, INCIDÊNCIA

© 2019 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações