Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 83 Número 1




Voltar ao sumário

 

Artigo de revisão

Reações hansênicas do tipo 1 e eritema nodoso hansênico

Leprosy type 1 reactions and erythema nodosum leprosum


INDIRA P. KAHAWITA1, STEPHEN L. WALKER1, DIANA N.J. LOCKWOOD2

1Clinical Research Fellow. Department of Infectious and Tropical Diseases; London School of Hygiene and Tropical Medicine – London, United Kingdom.
2Professor of Tropical Medicine and Head of Clinical Research. Department of Infectious and Tropical Diseases; London School of Hygiene and Tropical Medicine – London, United Kingdom.

Approved by the Editorial Board and accepted for publication on December 28, 2007. * Work done at Department of Infectious and Tropical Diseases; London School of Hygiene and Tropical Medicine – London, United Kingdom. Conflict of interest/Conflito de interesse: DNJ Lockwood was a paid adviser to Pharmion in 2003 during their application to the European Medicines Agency to have thalidomide licensed for the use in the treatment of ENL. Financial funding/Suporte financeiro: None.

Correspondência:
Diana Lockwood Department of Infectious and Tropical Diseases London School of Hygiene and Tropical Medicine Keppel St - London WC1E 7HT United Kingdom "E-mail":diana.lockwood@lshtm.ac.uk

 

Resumo

As reações hansênicas são a principal causa de dano e morbidade neural em grande parte dos pacientes hansênicos. São imunomediadas e podem ocorrer mesmo após o término bem sucedido da poliquimioterapia. Esta revisão enfoca a epidemiologia, a patologia e o tratamento das reações hansênicas do tipo 1, do eritema nodoso hansênico e da neuropatia silenciosa.

Palavras-chave: NEURITE, HANSENÍASE/TERAPIA, HANSENÍASE/COMPLICAÇÕES, DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO, HANSENÍASE, ERITEMA NODOSO

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações