Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 83 Número 1




Voltar ao sumário

 

Qual é seu diagnóstico ?

Caso para Diagnóstico

Case for diagnosis


GISELLE CARVALHO FROES1, FLÁVIA VASQUES BITTENCOURT2, ANA CRISTINA BRANDÃO DE RESENDE1, FLÁVIA VIEIRA BRANDÃO1

1Médica residente do Serviço de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Belo Horizonte (MG), Brasil.
2Professora adjunta do Serviço de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Belo Horizonte (MG), Brasil.

Recebido em 26.10.2007. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 06.12.2007. * Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Belo Horizonte (MG), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None Como citar este artigo / How to cite this article : Froes GC, Bittencourt FV, Resende ACB, Brandão FV. Caso para diagnóstico. Twin spotting. An Bras Dermatol. 2008;83(1):90-2.

Correspondência:
Giselle Carvalho Froes Al. Álvaro Celso, 55. Bairro Santa Efigênia 30150 260 - Belo Horizonte – MG Tel.: (31) 32489560 (31) 32263066 "E-mail":gifroes@gmail.com

 

Resumo

O termo cútis tricolor descreve a presença de máculas cutâneas hiper e ipocrômicas, adjacentes e congênitas, e é manifestação de mosaicismo cutâneo explicada pelo mecanismo de twin spotting alélico. Esse fenômeno consiste em forma particular de recombinação somática, com perda da heterozigose, que ocorre durante a mitose no embrião em formação. Apresenta-se caso de paciente masculino, 16 anos, com máculas hiper e hipocrômicas adjacentes no tronco, presentes desde o nascimento, assintomáticas. Não se detectaram outras anomalias.

Palavras-chave: MOSAICISMO, DERMATOPATIAS GENÉTICAS, RECOMBINAÇÃO GENÉTICA, TRANSTORNOS DA PIGMENTAÇÃO

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações