Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 78 Número 3




Voltar ao sumário

 

Investigação

Granuloma anular: distribuição tecidual dos dendrócitos dérmicos fator XIIIa+, das células dérmicas trombomodulina+ e de macrófagos CD68+

Granuloma Annulare: tissue distribution of factor XIIIa+ dermal dendrocytes, thrombomodulin+ dermal cells and CD68+ macrophages


CLÁUDIA REGINA WANDERLEY SOUB1, MAYRA CARRIJO ROCHAEL2, TULLIA CUZZI MAYA3

1Mestre em Dermatologia, Departamento de Dermatologia da Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, Brasil.
2Professora Adjunta do Departamento de Patologia da Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, Brasil.
3Pesquisadora Associada do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro; Professora Adjunta do Departamento de Patologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil.

Recebido em 09.11.2001. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 05.12.2002. Trabalho realizado no Serviço de Anatomia Patológica do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas/Fundação Oswaldo Cruz - RJ.

Correspondência:
Claudia Regina Wanderley Soub Rua Sá Ferreira 184 apto 603 -Copacabana Rio de Janeiro RJ 22071-100 Tel/Fax: (21) 2247-3232 "E-mail":csoub@uol.com.br

 

Resumo

*Fundamentos:* Um subgrupo de células dérmicas relacionado a macrófagos expressa o fator pró-coagulante XIIIa enquanto outro subgrupo expressa o co-fator anticoagulante trombomodulina. Esses tipos celulares podem estar envolvidos em eventos de inflamação e reparo tecidual. *Objetivos:* Investigar a participação de células dérmicas fator XIIIa+ e de células dérmicas trombomodulina (TM) no quadro histopatológico do granuloma anular que se caracteriza por necrobiose do colágeno e presença de infiltrado de macrófagos. *Materiais e Métodos:* O quadro histopatológico do granuloma anular observado em 23 fragmentos da pele obtida pela biópsia foi classificado de acordo com a presença de degeneração completa ou incompleta do colágeno e distribuição do infiltrado inflamatório. Dendrócitos dérmicos fator XIIIa+ e células dérmicas trombomodulina+ foram reconhecidos por meio de anticorpos próprios aplicados em protocolos de imuno-histoquímica; um marcador para macrófagos (CD68) também foi utilizado. Observou-se a distribuição dos subtipos celulares distintos, bem como realizou-se análise semiquantitativa. *Resultados:* Dendrócitos fator XIIIa+ foram escassamente detectados, enquanto células trombomodulina+ e CD68+ representaram considerável proporção do infiltrado celular, observadas na posição periférica (arranjo em paliçada), entre fibras colágenas degeneradas ou mesmo difusamente distribuídas. Houve tendência de associação da semiquantificação alta de células trombomodulina+ com a semiquantificação baixa de dendrócitos fator XIIIa+ e com o tipo histológico II. Hiperplasia de dendrócitos dérmicos ao redor da lesão foi observada. *Conclusão:* A diferente distribuição tecidual de células fator XIIIa+ e TM+ pode refletir suas participações distintas e complementares no reparo do tecido dérmico e no processo evolutivo da lesão no granuloma anular.

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações