Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 78 Número 3




Voltar ao sumário

 

Artigo de revisão

Conhecimentos atuais sobre a biologia dos melanócitos no folículo piloso humano

Current knowledge on the biology of melanocytes in the human hair follicle


ISABEL OLIVEIRA DE OLIVEIRA1, HIRAM LARANGEIRA DE ALMEIDA JR.2

1Professora Adjunta do Departamento de Fisiologia e Farmacologia, Instituto de Biologia/UFPEL.
2Professor Adjunto de Dermatologia; Departamento de Medicina Especializada, Faculdade de Medicina/UFPEL.

Recebido em 11.07.2000. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 22.08.2002. Trabalho realizado na Universidade de Bradford, UK, como apoio da CAPES.

Correspondência:
Isabel Oliveira de Oliveira Rua Félix da Cunha 258/102 Pelotas RS 96010-000 Tel/Fax: (53) 275-7337 / 275-7169 "E-mail":olivisa@ufpel.tche.br

 

Resumo

Os processos de crescimento e pigmentação do cabelo não são completamente conhecidos. Da mesma forma, o papel que os melanócitos foliculares desempenham nesses processos ainda não foi esclarecido. A identificação do destino dos melanócitos foliculares ao final da fase de crescimento do folículo piloso e a localização do reservatório dessas células, que voltam a povoar a porção inferior do novo folículo ao final da fase telógena do ciclo de crescimento do cabelo, constituem objeto de estudo. Investigações têm sido realizadas visando identificar se os melanócitos são responsáveis por algum sinal molecular de comunicação envolvido com as mudanças observadas na estrutura do folículo piloso durante o ciclo do cabelo. Alguns fatores têm sido descritos como participantes dos processos essenciais para a biologia dos melanócitos. A importância da proteína antiapoptótica, Bcl-2, para a manutenção dos melanócitos já foi demonstrada. A via SCF/kit foi mencionada como um mecanismo primário para a regulação dos processos de proliferação e diferenciação dos melanócitos. Por outro lado, o mecanismo de ação dos androgênios sobre as células do folículo piloso tem sido objeto de muitos estudos que tentam explicar como esses hormônios participam da regulação dos processos de crescimento e pigmentação do cabelo. Portanto, o objetivo dessa revisão é apresentar os atuais conhecimentos envolvendo a biologia dos melanócitos foliculares.

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações