Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 26 Número 4




Voltar ao sumário

 

Editorial

Investigação alergo-dermatológica na indústria gráfica


E. BRUM NEGREIROS

Trabalho apresentado na VIII Reunião Anual dos Dérmato-Sifilografos Brasileiros (Poços de Caldas - Setembro de 1951) Encarregado da Secção de Alegria da Clínica Dermatológica da Policlínica Geral do Rio de Janeiro (Chefe: Prof. J. Ramos e Silva)

Correspondência:
Av. Almte. Barroso, 97, s. 704 (Rio)

 

Resumo

O autor teve ocasião de testar 225 índividuos trabalhando em uma indústria gráfica do Rio de Janeiro. As substâncias utilizadas foram aquelas que principalmente ocorrem naquela indústria e mais alguns alergenos de importância verificada na produção de dermatites de contacto. A tabulação de resultados mostra que a sensibilização evidenciada pelos testes é muito maior no grupo dos gráficos pròpriamente ditos, isto é, naqueles operários que lidam com sais de cromo e tintas de anilina do que nos trabalhadores não especializados, normalmente a salvo de tais exposições. O sexo feminino e a raça branca figuram com destaque. Assinala a grande importância dos cromatos como sensibilizantes e apresenta 3 casos de eczema profissional com essa etiologia, relatando também a existência de dois casos do chamado "botão de cromo".

© 2019 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações