Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 29 Número 3




Voltar ao sumário

 

Trabalhos originais

Novas concepções sobre a mancha mongólica - Situação atual do problema


DOMINGOS SILVA1

1Professor Catedrático, interino, de Dermatologia e Sifilografia da Faculdade de Medicina do Pará.

Correspondência:
Trav. Benjamin Constant, 767 (Belém, Pará).

 

Resumo

O A. passa em revista os dados clássicos sôbre m.m. Em razão de um inquérito procedido em 306 crianças, de 0 a 4 anos de idade, em Belém, Pará, chega à conclusão que a m.m. desaparece usualmente nos 2 primeiros anos de vida, na grande maioria das crianças, e que os recém-nascidos de raça branca apresentaram percentual de positividade muito alto, ou seja 17,0%. Sugere a realização de inquérito semelhante no sul do país a fim de estabelecer o valor étnico real da m. mongólica.

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações