Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

12

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

12

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 28 Número 2




Voltar ao sumário

 

Editorial

Relação entre tempo e dose na penicilinoterapia


CHARLES R. REIN

Do Departamento de Dermatologia e Sifilografia da "Post-Graduate Medical Schoo1", Universidade de New York (Catedrático: Dr. Marlon B. Sulzberger) . Apresentado ao Simpósio de Contrôle da Bouba, promovido pela Organização Mundial de Saúde, das Nações Unidas, e realizado de 14 a 30 de março de 1952, em Bangkok, Tailândia.

 

Resumo

O advento de qualquer agente terapêutico especifico deve, necessàriamente, ser acompanhado através de uma sequência metódica de investigações experimentais, a fim de que sejam determinados o seu modo de administração e a relação entre tempo e dose. Apresentaram-se dados de laboratório, capazes de ilustrar os motivos que levaram à seleção de vários esquemas de tratamento rápido, com diferentes tipos e formas de preparados de penicilina, a serem empregados no tratamento das treponematoses. Esses dados incluem nossos estudos relativos às técnicas básicas de ensaio micro-biológico, aos valores de concentração da penicilina, no sôro humano, resultantes de tais esquemas, e à facilidade de transferência placentária, em regimes semelhantes.

© 2021 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações