Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 83 Número 2




Voltar ao sumário

 

Artigo de revisão

Significado do epitope spreading na patogênese dos pênfigos vulgar e foliáceo

Significance of epitope spreading in the pathogenesis of pemphigus vulgaris and foliaceus


VALÉRIA AOKI1, FERNANDA LAGO2, MÁRCIA HARUMI YAMAZAKI3, CLÁUDIA GIULI SANTI4, CELINA WAKISAKA MARUTA1, THE COOPERATIVE GROUP ON FOGO SELVAGEM RESEARCH5

1Professora doutora do Departamento de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) – São Paulo (SP), Brasil.
2Médica dermatologista. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências – Depto. Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) – São Paulo (SP), Brasil.
3Bolsista Pibic-CNPq. Acadêmica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) – São Paulo (SP), Brasil.
4Professora doutora do Departamento de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) – São Paulo (SP), Brasil
5The Cooperative Group on Fogo Selvagem Research.

Recebido em 15.11.2007. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 01.03.2008. * Trabalho realizado no Laboratorio de Imunopatologia Cutânea-Depto. Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) – São Paulo (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro / Financial funding: CNPq processo 477096/2004 Como citar este artigo / How to cite this article: Aoki V, Lago F, Yamazaki MH, Santi CG, Maruta CW, The Cooperative Group on Fogo Selvagem Research. Significado do epitope spreading na patogênese dos pênfigos vulgar e foliáceo. An Bras Dermatol. 2008;83(2):157-61.

Correspondência:
Valéria Aoki Depto. Dermatologia da FMUSP Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 255 - 3O andar - sala 3016 05403-002 - São Paulo - SP Tel: (11) 3069-8036 "E-mail":valaoki@hotmail.com

 

Resumo

Os pênfigos são dermatoses bolhosas auto-imunes, em que há a produção de auto-anticorpos direcionados contra moléculas de adesão dos epitélios, levando à perda da coesão celular. A produção de auto-anticorpos ocorre quando os pacientes desenvolvem um desequilíbrio da resposta imune (quebra da tolerância imunológica), passando a reconhecer antígenos próprios. A resposta é geralmente direcionada contra um único epítopo alvo; entretanto, como conseqüência da resposta inflamatória do processo primário e do extenso dano tecidual ocasionado, pode haver exposição de componentes protéicos ocultos, levando à produção de diferentes auto-anticorpos. Assim, é possível que surja uma nova doença cutânea auto-imune, em decorrência do fenômeno intra ou intermolecular de epitope spreading. São revistos os principais conceitos desse fenômeno e sua ocorrência nas dermatoses bolhosas auto-imunes, com ênfase nos pênfigos, grupo de dermatoses bolhosas autoimunes mais prevalente no Brasil.

Palavras-chave: PENFIGO, EPITOPOS, DESMOGLEÍNAS, AUTO-IMUNIDADE

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações