Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

31

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

31

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 20 Número 2




Voltar ao sumário

 

Artigos originais

Blastomicoses. A Contribuição de Adolpho Lutz


DR. A. E. DE ARÊA LEÃO1

1Do Instituto Osvaldo Cruz

 

Resumo

Reeditando-se agora o trabalho clássico de Lutz sobre a doença que foi ele o primeiro a ver e diagnosticar no Brasil, e que com justiça é hoje geralmente denominada "Doença de Adolpho Lutz", presta-se à literatura médica um grande serviço e homenageia-se um dos maiores sábios brasileiros. Lendo-se o seu trabalho, que data de quase 40 anos, pouco se pode acrescentar. A observação é perfeita; ele tudo viu com precisão e clarividência. Investigador meticuloso, forrado de uma cultura e experiência invulgares, Lutz prestou grandes serviços à medicina experimental no Brasil, que teve nele um dos seus pioneiros.

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações