Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 14 Número 1




Voltar ao sumário

 

Artigos originais

Achorion gypseum, Bodin 1907


A. MARTINS DE CASTRO1

1Dermatologista do Instituto Conde de Lara, São Paulo.

Entregue para a publicação em 17 de Novembro de 1938.

 

Resumo

Caso de herpes parasitário interessando a palpebra inferior, com invasão dos cílios. O material semeado deu culturas rapidas e vivazes, que mais tarde foram classificadas como Achorion gypseum. Foi feito minucioso estudo micologico. O exame direto do material, clarificado pela potassa, demonstrou numerosos filamentos micelianos nas escamas e nos cilios. As culturas nos meios açucarados de Sabouraud tinham o aspecto de discos, a princípio penugentos e brancos, mais tarde pulverulentos, amarelados e franjados. O cultivo em gota pendente evidenciou a existencia de conidias ou aleurias e de numerosos fusos multiloculados. Baseado nesses caracteres o A. considerou o parasito como Microsporon fulvum. Sabouraud, consultado a respeito, classificou-o como Achorion gypseum, aconselhando a inoculação em cobaio. Realisada esta ultima, foi possível observar a formação de minusculos "godets" entre o 15° e o 18° dia. São passados em revista, por ultimo, os principais trabalhos sôbre o assunto, o de Bodin de 1907, o de Suis, de Tolosa, de Sabouraud, de Takahashi e Morikawa, Zuzuki, Ildrim, Truffi, Pignot e Hruszek.

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações