Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 83 Número 4




Voltar ao sumário

 

Investigação

Câncer cutâneo em Taubaté (SP) – Brasil, de 2001 a 2005: um estudo de prevalência

Skin cancer in Taubaté (SP) – Brazil, from 2001 to 2005:a prevalence study


Flávia Regina Ferreira1, Luiz Fernando C. Nascimento2

1Dermatologista, professora-assistente da disciplina de dermatologia do Departamento de Medicina da Universidade de Taubaté (Unitau) – Taubaté (SP), Brasil.
2Doutor em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo, professor doutor da disciplina de pediatria do Departamento de Medicina da Universidade de Taubaté (Unitau) – Taubaté (SP), Brasil.

Recebido em 16.11.2007. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 26.06.2008. * Trabalho realizado no Hospital Universitário de Taubaté – Taubaté (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum Como citar este artigo: Ferreira FR, Nascimento LFC. Câncer cutâneo em Taubaté (SP) –Brasil, de 2001 a 2005: um estudo de prevalência.

Correspondência:
Flávia Regina Ferreira Rua Paraguai, 59 – Jardim das Nações 12030 240 Taubaté - SP Fone: (12) 3633-2083 Fax:(12) 3635-3230 "Email":dermagica@uol.com.br

 

Resumo

FUNDAMENTOS - O câncer figura como a terceira principal causa de morte no Brasil. A pele é a localização mais freqüente, e estima-se que cerca de 50% das pessoas brancas com mais de 60 anos desenvolverão algum tipo de neoplasia cutânea. OBJETIVO - Descrever o perfil dos indivíduos com câncer da pele atendidos no Hospital Universitário de Taubaté no período de 2001 a 2005. MÉTODOS - Estudo transversal de base hospitalar envolvendo indivíduos atendidos no Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário de Taubaté no período de janeiro de 2001 a dezembro de 2005. As variáveis do estudo foram sexo, idade, cor da pele, localização e tipo clínico do tumor: carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular, combinado e melanoma. As técnicas estatísticas utilizadas foram a do qui-quadrado, t de Student e Anova. RESULTADOS - Foram incluídos no estudo 639 indivíduos, e a prevalência encontrada foi de 50 casos/100.000 habitantes. A faixa etária mais acometida foi a partir dos 60 anos, a proporção de indivíduos acometidos foi maior para o sexo feminino em relação ao masculino (57,2%/42,8%) e a proporção de brancos/não brancos foi de 4:1. CONCLUSÃO - Este trabalho vem preencher uma lacuna, dada a inexistência de estudos na região e também à escassez de estudos no Estado de São Paulo, e os achados foram coincidentes com os da literatura.

Palavras-chave: CARCINOMA BASOCELULAR, MELANOMA, NEOPLASIAS CUTÂNEAS, CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações