Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 83 Número 4




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Tungíase disseminada tratada com ivermectina

Generalized tungiasis treated with ivermectin


Recebido em 14.11.2007. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 21.06.2008. * Trabalho realizado no Ambulatório de Dermatologia do Complexo Hospitalar Padre Bento – Guarulhos (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum

Correspondência:
Flávia Romero Gatti Rua Guaira nº50, ap152 07111 320 Guarulhos - SP Tel./Fax: 11-64409854 11-64649980 "E-mail":fla.gatti@ig.com.br

 

Resumo

A tungíase é ectoparasitose causada pela penetração da Tunga penetrans na pele do hospedeiro. A infestação por essa pulga está associada à pobreza e ocorre em comunidades carentes na América do Sul e Central, no Caribe e na África sul-sahariana. No Brasil, é mais prevalente em assentamentos urbanos precários, áreas rurais e comunidades de pescadores em todo o país. O tratamento consiste na retirada dos parasitas e, nos casos com infecção secundária, antibioticoterapia. Até o momento, não há droga no mercado com eficácia clínica satisfatória. Relata-se caso de tungíase disseminada tratada com ivermectina oral.

Palavras-chave: IVERMECTINA, PULGAS, ECTOPARASITOSES

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações