Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

8

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

8

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 83 Número 6




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Remissão de retículo-histiocitose multicêntrica com terapia combinada com infliximabe*

Remission of multicentric reticulohistiocytosis with combined terapy witb infliximab*


Sílvia Arroyo Rstom1, Bruna Fernandes Padilha de Menezes1, Juliana Britta Maitto2, Rafael Alberto Aragon Cabrera3, Carlos D’App Santos Machado Filho4

1Acadêmicas da Faculdade de Medicina do ABC – Santo André (SP) - Brasil.
2Orientadora e residente do terceiro ano da disciplina de dermatologia da Faculdade de Medicina do ABC – Santo André (SP) – Brasil.
3Médico assistente da disciplina de dermatologia da Faculdade de Medicina do ABC – Santo André (SP) – Brasil.
4Regente da disciplina de dermatologia da Faculdade de Medicina do ABC – Santo André (SP) – Brasil.

Recebido em 14.12.2006. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 24.10.2008. * Trabalho realizado na Faculdade de Medicina do ABC – Santo André (SP) – Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None Como citar este artigo: Rstom SA, Menezes BFP, Maitto JB, Cabrera RAA, Filho CDASM. Remissão de retículo-histiocitose multicêntrica com terapia combinada com infliximabe. An Bras Dermatol.2008;83(6):539-43.

Correspondência:
Silvia Arroyo Rstom Rua Rafael Correia Sampaio, 301 apartamento 82 09541 250 - São Caetano do Sul - SP Tel.:/Fax: 011 42291925 E-mail: silviaarstom@gmail.com

 

Resumo

A retículo-histiocitose multicêntrica é doença sistêmica rara e de etiologia desconhecida. Caracterizase por poliartrite simétrica, que pode evoluir para artrite mutilante, e por lesões papulonodulares na pele e nas mucosas. O diagnóstico definitivo é histopatológico. Em aproximadamente um terço dos casos de retículo-histiocitose multicêntrica em adultos, observa-se associação com malignidade. Ainda não foi estabelecida uma terapia-padrão. Descreve-se o caso de mulher de 46 anos com quadro clínico característico de retículo-histiocitose multicêntrica. Realizou-se tratamento inovador à base de infliximabe, obtendo-se ótimos resultados.

Palavras-chave: FATORES IMUNOLÓGICOS, HISTIOCITOSE, RETÍCULO

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações