Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 84 Número 2




Voltar ao sumário

 

Artigo de revisão

Esclerodermia localizada na criança: aspectos clínicos, diagnósticos e terapêuticos *

Localized scleroderma in children: clinical, diagnostic and therapeutic aspects


Pedro C. Q. Zancanaro1, Adriana R. Isaac2, Luisimara T. Garcia3, Izelda M. C. Costa4

1Residente do 3º ano do Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário de Brasília (HUB/UnB) – Brasília (DF), Brasil.
2Residente do 2º ano do Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário de Brasília (HUB/UnB) – Brasília (DF), Brasil.
3Ex-residente do Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário de Brasília (HUB/UnB) – Brasília (DF), Brasil.
4Coordenadora do Programa de Residência de Dermatologia do Hospital Universitário de Brasília (HUB/UnB) – Brasília (DF), Brasil.

Como citar este artigo: Zancanaro PCQ, Isaac AR, Garcia LT, Costa IMC. Esclerodermia localizada na criança: aspectos clínicos, diagnósticos e terapêuticos. An Bras Dermatol. 2009;84(2):161-72.

Correspondência:
Pedro Zancanaro SHIS QI 11 Bloco O Sala 16A Lago Sul 71600 700 Belo Horizonte - MG Tel./fax: 55 (61) 7814-2981 E-mail: zancanaro@unb.br

 

Resumo

A esclerodermia localizada, ou morféia, acomete crianças em idade escolar e, em geral, é autolimitada, apesar de localmente desfiguradora. A literatura descreve inúmeros fatores etiopatogênicos, bem como modalidades de investigação e tratamento. Este artigo reúne os estudos mais recentes e discute sua aplicação clínica.

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações