Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 84 Número 2




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Melanoníquia: importância da avaliação dermatoscópica e da observação da matriz / leito ungueal *

Melanonychia: the importance of dermatoscopic examination and of nail matrix / bed observation


Aline Perdiz de Jesus Bilemjian1, Juan Piñeiro-Maceira2, Carlos Baptista Barcaui3, Francisco Burnier Pereira4

1Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e pela Associação Médica Brasileira. Extensão Universitária em Curso de Especialização em Dermatologia na Área Eletiva Dermatoscopia da Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina. Pós-graduação em Dermatologia pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay (IDPA) da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
2Pós-doutor em Dermatopatologia pelo Armed Forces Institute of Pathology (AFIP) - Washington, D.C., USA. Professor adjunto do Departamento de Patologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
3Mestre e doutor em Dermatologia pela Universidade de São Paulo (USP). Professor assistente do Ambulatório de Lesões Melanocíticas do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay (IDPA) – São Paulo (SP), Brasil.
4Doutor em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Preceptor do Ambulatório de Lesões Melanocíticas do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay (IDPA). Professor associado da Pontifícia Universidade Católoca do Rio de Janeiro (PUC-RJ) – Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Recebido em 16.03.2007. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 29.02.08. * Trabalho realizado no Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro (RJ), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum Como citar este arquivo: Bilemjian APJ, Maceira JP, Barcaui CB, Pereira FB. Melanoníquia: importância da avaliação dermatoscópica e da observação da matriz / leito ungueal. An Bras Dermatol. 2009;84(2):185-9.

Correspondência:
Aline Perdiz de Jesus Bilemjian Rua Albuquerque Lins, 565/34 01230 001 - São Paulo - SP E-mail: alinebilemjian@yahoo.com.br

 

Resumo

Melanoníquia, do grego mélaina, negro, sombrio, resulta de uma deposição aumentada de melanina na lâmina ungueal originada a partir da matriz ungueal. Apresenta diversas causas, entre elas, o melanoma subungueal, por isso, seu diagnóstico etiológico torna-se essencial, devendo ser o mais precoce possível. Os autores apresentam dois pacientes com melanoníquias de natureza distinta e enfatizam o seu diagnóstico diferencial.

Palavras-chave: BIÓPSIA, LENTIGO, MELANOMA, UNHAS

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações