Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 84 Número 5




Voltar ao sumário

 

Investigação

Teledermatologia: correlação diagnóstica em serviço primário de saúde*

Teledermatology: diagnostic correlation in a primary care service


Cristiana Silveira Silva1, Murilo Barreto Souza2, Isabelle Ary Duque3, Luciana Molina de Medeiros4, Nayra Rodrigues Melo5, Cecília de Almeida Araújo6, Paulo Ricardo Criado7

1Médica dermatologista. Pós-graduanda nível mestrado do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) – São Paulo (SP), Brasil.
2Pós graduando nível doutorado da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Professor de informática médica da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) – Salvador (BA), Brasil.
3Médica dermatologista  Fortaleza (CE), Brasil.
4Médica dermatologista  São Paulo (SP), Brasil.
5Médica dermatologista  Teresina (PI), Brasil.
6Acadêmica de medicina da FTC  Salvador (BA), Brasil.
7Doutor em dermatologia pela Universidade de São Paulo (USP)  São Paulo (SP), Brasil

Recebido em 30.12.2008. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 31.07.09. * Trabalho realizado no ambulatório de dermatologia da Faculdade de Medicina da FTC – Salvador (BA), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum Como citar este artigo: Silva CS, Souza MB, Duque IA, Medeiros LM, Melo NR, Araújo CA, Criado PR. Teledermatologia: correlação diagnóstica em serviço primário de saúde. An Bras Dermatol. 2009;84(5):489-93.

Correspondência:
Cristiana Silveira Silva Rua da Graça, n° 374. Bairro Graça 40080 410 Salvador BA Tel.:/fax: 71 3336 2850 e-mail: silveira.cristiana@gmail.com

 

Resumo

FUNDAMENTOS: O termo telemedicina faz referência ao uso de tecnologias de comunicação para a transmissão a distância de informações relacionadas à saúde. Esse recurso é utilizado em várias especialidades médicas, principalmente naquelas em que a interpretação de imagens representa uma etapa fundamental na formulação diagnóstica.
OBJETIVO: Avaliar a concordância entre o diagnóstico presencial e o diagnóstico a distância de lesões cutâneas, utilizando a teledermatologia, em pacientes atendidos em uma unidade básica de saúde.
MÉTODOS: Foi realizado um estudo prospectivo envolvendo pacientes atendidos no serviço de dermatologia da clínica FTC em Salvador – BA. Participaram do estudo um dermatologista responsável pela consulta presencial e dois dermatologistas responsáveis pela consulta a distância. Os diagnósticos obtidos através da teleconsulta foram avaliados quanto à concordância e comparados com os diagnósticos da consulta presencial.
RESULTADOS: Foram incluídos neste estudo 60 pacientes. Observou-se um grau de concordância total variando de 86,6% a 91,6% com índice Kappa de 0,62.
CONCLUSÃO: A teledermatologia é uma forma de assistência com um grande potencial de uso na dermatologia, podendo representar uma ferramenta útil principalmente em casos clínicos de baixa complexidade, oriundos de unidades básicas de saúde.

Palavras-chave: CONSULTA REMOTA, DIAGNÓSTICO, TELEMEDICINA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações