Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 84 Número 6




Voltar ao sumário

 

Investigação

Utilidade do pente metálico com dentes microcanaliculados no diagnóstico da pediculose*

Metal microchanelled fine-toothed comb use in the diagnosis of pediculosis


Patricia Elena Neira1, Luis Rodrigo Molina2, Alejandra Ximena Correa3, Nelsom Ramón Américo Muñoz4, David Eduardo Oschilewski5

1Mestrado em Ciências Biológicas Menção Parasitologia. Professora Titular e Chefe da Cátedra de Parasitología, Departamento de Preclínicas. Escuela de Medicina, Facultad de Medicina, Universidad de Valparaíso, Valparaíso. Chile.
2Médico clínico geral. Residente de Ginecologia, Hospital Carlos van Buren, Valparaíso - Chile.
3Médica clínica geral, Hospital de Quillota - Chile.
4Técnico de Laboratório. Cátedra de Parasitología, Departamento de Preclínicas. Escuela de Medicina, Facultad de Medicina, Universidad de Valparaiso, Valparaíso. Chile.
5Médico clínico geral. Pós graduando do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. Professor associado da Cátedra de Parasitología, Departamento de Preclínicas. Escuela de Medicina, Facultad de Medicina, Universidad de Valparaiso, Valparaíso. Chile.

Recebido em 11.08.2008. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 08.12.08.

Correspondência:
Patricia E. Neira. Cátedra de Parasitología. Departamento de Preclínicas. Escuela de Medicina, Facultad de Medicina, Universidad de Valparaíso, Hontaneda 2653-Valparaíso, Chile PO Box 92-V. Valparaíso Chile Fono: 56-32-507349, Fax: 56-32-507321. E-mail: patricia.neira@uv.cl

 

Resumo

FUNDAMENTOS: Os métodos para diagnosticar Pediculus humanus var. capitis são controvertidos e a maioria dos estudos tem usado o exame visual direto. OBJETIVOS: O objetivo deste estudo foi comparar a eficácia no diagnóstico do exame visual direto em contraposição ao uso do pente metálico de aço com dentes microcanaliculados. MÉTODOS: Investigaram-se 946 crianças e adolescentes de quatro a 19 anos. O cabelo de cada criança foi examinado duas vezes, para detectar infestação pelos diferentes estádios, por meio da observação visual direta e com o pente metálico. RESULTADOS: O diagnóstico visual apontou infestação em 30,7% dos casos, enquanto que o pente metálico indicou um resultado de 51,5%. O sexo feminino foi o mais acometido, de acordo com ambos os métodos. As formas parasitárias detectadas com o exame visual direto foram: somente piolhos (adultos e/ou ninfas); 1,4%; somente lêndeas vivas, 64,8%; e lêndeas vivas mais piolhos, 33,8%; com o pente metálico, foram 6,4%, 23,6% e 70%, respectivamente. A média de tempo para descobrir um piolho foi de 57 segundos com o pente metálico e de 116,4 segundos com a observação visual direta. CONCLUSÕES: O diagnóstico é duas vezes mais rápido e 3,6 vezes mais eficiente com o pente metálico microcanaliculado. O método visual leva a uma subestimação das infestações ativas e revela as passadas não ativas.

Palavras-chave: CHILE, DERMATOSES DO COURO CABELUDO, INFESTAÇÕES POR PIOLHOS, PEDICULUS CAPITIS

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações