Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 85 Número 1




Voltar ao sumário

 

Investigação

Manifestações cutâneo-mucosas da coccidioidomicose: estudo de trinta casos procedentes dos estados do Piauí e Maranhão

Skin and mucous membrane manifestations of coccidioidomycosis: a study of thirty cases in the Brazilian states of Piauí and Maranhão


Antônio de Deus Filho1, Antônio Castelo Branco de Deus2, Alisson de Oliveira Meneses2, Andressa Sobral Soares3, Aécio Lopes de Araújo Lira2

1Doutor em Medicina Tropical pela Fiocruz/RJ. Professor associado IV de Pneumologia da Universidade Federal do Piauí (UFPI) ) – Teresina (PI), Brasil.
2Acadêmico do curso de Medicina da Universidade Federal do Piauí (UFPI) – Teresina (PI), Brasil.
3Acadêmica do curso de Medicina Universidade Federal do Piauí (UFPI) – Teresina (PI), Brasil.

Recebido em 11.08.2008. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 17.12.08. * Trabalho realizado na Clínica de Pneumologia do Hospital Getúlio Vargas (CP/HGV), hospital de ensino da Universidade Federal do Piauí (UFPI) – Teresina (PI), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro / Financial funding:: O custeio dos exames complementares realizados neste trabalho foi oriundo do Sistema Único de Saúde (SUS); as demais despesas foram pagas pelos seus autores. Como citar este artigo/How to cite this article: Deus Filho A, Deus ACB, Meneses AO, Soares AS, Lira ALA. Manifestações cutâneo-mucosas da coccidioidomicose: estudo de trinta casos procedentes dos estados do Piauí e Maranhão. An Bras Dermatol. 2010;85(1):45-51.

Correspondência:
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: Av. Marechal Castelo Branco, 400 - Apto 1600 Cristo Rei 64014 058 Teresina PI Tel.:/Fax: 86 3217 8406 / 9982 2065 / 99419233 E-mail: antoniocbdedeus@uol.com.br

 

Resumo

FUNDAMENTOS: A coccidioidomicose é micose sistêmica usualmente manifesta como infecção benigna de resolução espontânea; porém, uma pequena proporção dos infectados desenvolve quadros progressivos potencialmente fatais, podendo atingir a pele com lesões pleomórficas disseminadas. OBJETIVOS: Identificar e descrever as manifestações cutâneo-mucosas da coccidioidomicose, as ocupações de risco relacionadas à doença e o quadro clínico associado. MÉTODOS: Estudo realizado entre os anos 2003 e 2006 em 30 pacientes portadores de coccidioidomicose provenientes dos estados do Piauí e Maranhão e diagnosticados por exame microscópico direto, cultivo do escarro ou sorologia de triagem de imunodifusão dupla em gel de ágar, aliados à anamnese e exame físico. RESULTADOS: Identificaram-se lesões extrapulmonares em 13 casos (43,3%), com predomínio de manifestações dermatológicas de hipersensibilidade:eritema nodoso (26,6%), exantema com lesões eritemato-escamosas (26,6%) e eritema multiforme (23,3%), além de úlceras de língua (13,3%) e lábio (6,6%) e abscesso subcutâneo (3,3%).Tais manifestações foram observadas na fase aguda da doença. CONCLUSÕES: As manifestações cutâneas associadas à infecção respiratória aguda fortalecem a hipótese diagnóstica desta doença, especialmente, em caçadores de tatus ou pessoas expostas à escavação do solo.

Palavras-chave: COCCIDIOIDOMICOSE, DIAGNÓSTICO, EPIDEMIOLOGIA, ERITEMA MULTIFORME, ERITEMA NODOSO, EXANTEMA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações