Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 85 Número 1




Voltar ao sumário

 

Qual é seu diagnóstico ?

Caso para diagnóstico

Case for diagnosis


Carolina Balbi Mosqueira1, Augusto Frederico de Paula Xavier1, Cíntia Letícia Tuschinski2, Clóvis A. Lopes Pinto3, Paulo R. Cunha4

1Médico(a) residente em dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí – Jundiaí (SP), Brasil.
2Médica pós-graduada em dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí – Jundiaí (SP), Brasil.
3Professor colaborador de dermatopatologia do serviço de dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí – Jundiaí (SP), Brasil
4Professor livre docente da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, com pós-doutoramento na New York University – New York (NY), Estados Unidos da América. Professor titular do serviço de dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí – Jundiaí (SP), Brasil

Aprovado pelo Conselho Editorial e aceito para publicação em 24.04.2009. * Trabalho realizado na Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) – Jundiaí (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None Como citar este artigo/How to cite this article: Mosqueira CB, Paula Xavier AF, Tuschinski CL, Pinto CAL, Cunha PR. Caso para diagnóstico. Histiocitose de células de Langerhans em adulto limitada à pele. An Bras Dermatol. 2010;85(1):107-8.

Correspondência:
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: Paulo R. Cunha Rua do Retiro, 424 - 8º andar - salas 83 e 84. Anhangabau Jundiaí 13209 000 SP

 

Resumo

Histiocitose de células de Langerhans é uma doença rara de causa desconhecida, caracterizada pela proliferação de células histiocitárias (células de Langerhans). Representa significativa dificuldade diagnóstica por apresentar amplo espectro clínico, variando desde uma lesão solitária até uma enfermidade multissistêmica. Pode ser confirmada por estudo imunoistoquímico. O tratamento depende da extensão do processo, podendo ser necessária quimioterapia sistêmica.

Palavras-chave: CÉLULAS DE LANGERHANS, HISTIÓCITOS, HISTIOCITOSE

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações