Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

4

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso tenha esquecido sua senha, solicite-nos.

Login como assinante

4

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 85 Número 2




Voltar ao sumário

 

Investigação

Estudo quantitativo das células de Langerhans em carcinomas basocelulares com maior e menor potencial de agressividade local *

Quantitative study of Langerhans cells in basal cell carcinoma with higher or lower potential of local aggressiveness


Itamar Santos1, Roberto José Vieira de Mello2, Itamar Belo dos Santos3, Reginaldo Alves dos Santos4

1Mestre em anatomia patológica. Professor da disciplina de dermatologia da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) - Petrolina (PE), Brasil.
2Orientador. Doutor em medicina. Professor chefe da disciplina de anatomia patológica da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) - Recife (PE), Brasil.
3Coorientador. Pós-doutor em dermatologia - Hospital Clínic - Universidad de Barcelona - Barcelona, Espanha. Consultor sênior do Centro de Estudos Dermatológicos do Recife (Ceder) - Recife (PE), Brasil.
4Professor de métodos quantitativos da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) - Petrolina (PE), Brasil.

Recebido em 14.08.2009. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 18.12.2009. * Estudo realizado no Departamento de Patologia do Hospital do Câncer de Pernambuco, Laboratório de Imunopatologia Keizo Azami (Lika), Centro de Estudos Dermatológicos do Recife (Ceder) e Laboratório Municipal de Petrolina Dr. Giusepe Muccini e apresentado ao Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Pernambuco para obtenção do título de mestre em anatomia patológica - Recife (PE), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None Como citar este artigo/How to cite this article: Santos I, Mello RJV, Santos IB, Santos RA. Estudo quantitativo das células de Langerhans em carcinomas basocelulares com maior e menor potencial de agressividade local. An Bras Dermatol. 2010;85(2):165-71.

Correspondência:
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: Itamar Santos R. Concreto, 181, São José 56302 440 Petrolina, PE Tel.: 87 8832 3286, 87 3862 2075, 87 3032 0874 E-mail: itamar_dermato@hotmail.com

 

Resumo

FUNDAMENTOS - O carcinoma basocelular localiza-se principalmente em áreas expostas ao sol, apresentando formas clínicas e histológicas diferentes, algumas com grande e outras com pequena agressividade local. Células de Langerhans participam ativamente do sistema imune da pele. OBJETIVO - Avaliar quantitativamente as células de Langerhans sobrepostas aos carcinomas basocelulares de maior e menor potencial de agressividade local, assim como nas respectivas epidermes sãs adjacentes. MÉTODOS - Dois grupos com 14 preparações histológicas cada. No primeiro, carcinoma basocelular de menor potencial de agressividade local e, no segundo, carcinoma basocelular de maior potencial. Empregou-se a imunoistoquímica com proteína S100 para identificação das células de Langerhans. Utilizando microscópio óptico em aumento de 400 vezes e a grade morfométrica de Weibel, foram contadas as células de Langerhans presentes em sete campos, obtendo-se a média em cada lâmina. Foi utilizado teste estatístico de Wilcoxon para análise estatística. RESULTADOS - No grupo de menor potencial de agressividade local, na epiderme sã adjacente houve aumento significativo no número de células de Langerhans comparado ao da epiderme sobreposta ao carcinoma basocelular (p d 0,05). No grupo de maior potencial de agressividade local, não houve diferença com significado estatístico (p > 0,05). CONCLUSÃO - O maior número de células de Langerhans na epiderme sã vizinha à lesão tumoral de menor potencial de agressividade local poderia representar uma maior resistência imunológica da epiderme, limitando a agressividade da neoplasia.

Palavras-chave: CARCINOMA BASOCELULAR, CÉLULAS DE LANGERHANS, IMUNIDADE, IMUNOISTOQUÍMICA, ONCOLOGIA

© 2020 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações