Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

10

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

10

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 85 Número 4




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Imunoglobulina intravenosa para tratamento de epidermólise bolhosa adquirida grave refratária a terapia imunossupressora convencional *

Intravenous immunoglobulin for treatment of severe acquired bullous epidermolysis refractory to conventional immunosuppressive therapy


Carolina Balbi Mosqueira1, Laura de Albuquerque Furlani1, Augusto Frederico de Paula Xavier2, Paulo Rowilson Cunha3, Alda Maria Penna Galvão4

1Médica residente em Dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí - Jundiaí (SP), Brasil.
2Médico residente em Dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí - Jundiaí (SP), Brasil.
3Professor titular do Serviço de Dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí - Jundiaí (SP). Professor livre docente da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - Jundiaí (SP), Brasil.
4Médica especialista em Dermatologia - Jundiaí (SP), Brasil.

Recebido em 13.08.2008. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 08.12.2008. * Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí - Jundiaí (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None Como citar este artigo/How to cite this article: Mosqueira CB, Furlani LA, Paula Xavier AF, Cunha PR, Galvão AMP. Imunoglobulina intravenosa para tratamento de epidermólise bolhosa adquirida grave refratária a terapia imunossupressora convencional. An Bras Dermatol. 2010;85(4):521-4.

Correspondência:
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: Paulo Rowilson Cunha Endereço: Isaí Leiner 152 Bairro: Jardim Brasil 13201854 Jundiaí - SP, Brasil Tel.: 11 4521 8459 E-mail: drpaulocunha@bol.com.br

 

Resumo

A epidermólise bolhosa adquirida é doença bolhosa subepidérmica crônica e rara. Geralmente, inicia-se na fase adulta, sendo a etiologia desconhecida, embora vinculada à presença de anticorpos contra o colágeno tipo VII. Há formação de bolhas, espontaneamente ou após trauma, podendo causar complicações graves. O tratamento é desapontador e difícil. Além da terapia convencional com corticoides sistêmicos, recentemente, novas modalidades terapêuticas promissoras estão sendo utilizadas, dentre elas, a imunoglobulina intravenosa. Destaca-se, neste relato, o difícil manejo clínico desta doença, e a melhora importante com a imunoglobulina intravenosa.

Palavras-chave: EPIDERMÓLISE BOLHOSA ADQUIRIDA, IMUNOGLOBINAS INTRAVENOSAS, IMUNOSSUPRESSORES

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações