Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

8

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

8

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 85 Número 4




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Queratose folicular espinulosa decalvante - Relato de caso *

Keratosis follicularis spinulosa decalvans - Case report


Alceu L. C. V. Berbert1, Sônia A. O. Mantese2, Ademir Rocha3, Cláudia P. Cherin4, Carolina M. Couto4

1Professor Assistente do Serviço de Dermatologia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) - Uberlândia (MG), Brasil.
2Professora Associada II do Serviço de Dermatologia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) - Uberlândia (MG), Brasil.
3Titular do Serviço de Anatomia Patológica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) - Uberlândia (MG), Brasil. (In memorian)
4Médica Residente do Serviço de Dermatologia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) - Uberlândia (MG), Brasil.

Recebido em 13.08.2008. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 19.12.2008. * Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC/UFU) - Uberlândia (MG), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None Como citar este artigo/How to cite this article: Berbert ALCV, Mantese SAO, Rocha A, Cherin CP, Couto CM. Queratose folicular espinulosa decalvante - Relato de caso. An Bras Dermatol. 2010;85(4):537-40.

Correspondência:
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: Alceu L. C. V. Berbert Rua: Gonçalves Dias, 540. B: Tabajaras 38400 288 Uberlândia - MG, Brasil Tel./fax: 34 3210 2012 E- mail: alceuberbertt@yahoo.com.br

 

Resumo

A queratose folicular espinulosa decalvante é afecção rara, de transmissão genética ligada ao X ou esporádica, caracterizada por hiperqueratose folicular e alopecia cicatricial. Inicia-se, geralmente, na primeira infância, exacerbando-se na adolescência. As terapias são pouco efetivas, com tratamento frustrante, quando já há alterações predominantemente cicatriciais. Relata-se caso de criança com quadro de alopecia cicatricial intensa, com alterações precoces (já ao nascimento) e rápida evolução para alopecia difusa cicatricial do couro cabeludo, o que tornou o tratamento limitado e desapontador.

Palavras-chave: CERATOSE, DERMATOSES DO COURO CABELUDO, DOENÇAS DA PELE E DO TECIDO CONJUNTIVO, FOLÍCULO PILOSO

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações