Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 85 Número 4




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Síndrome de Ekbom secundária a transtorno orgânico: relato de três casos *

Secondary Ekbom Syndrome to organic disorder: report of three cases


Cinthia Janine Meira Alves1, Antônio Carlos Ceribelli Martelli2, Leticia Fogagnolo3, Priscila Wolf Nassif3

1Ex-residente do Instituto Lauro de Souza Lima (ILSL), especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) - Belo Horizonte (MG), Brasil.
2Médico Dermatologista - Médico dermatologista Chefe de Seção Técnica de Saúde em Dermatologia do Instituto Lauro de Souza Lima - Bauru (SP), Brasil.
3Ex-residente do Instituto Lauro de Souza Lima (ILSL), Especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) - Bauru (SP), Brasil.

Recebido em 03.08.2009. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 18.12.2009. * Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia do Instituto Lauro de Souza Lima (ILSL) - Bauru (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None Como citar este artigo/How to cite this article: Alves CJM, Martelli ACC, Fogagnolo L, Nassif PW. Síndrome de Ekbom secundária a transtorno orgânico: relato de três casos. An Bras Dermatol. 2010;85(4):541-4.

Correspondência:
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: Cinthia Janine Meira Alves Rua Coronel Fulgêncio, 328, apto 06 - São Lucas 30240 340 Belo Horizonte - MG Tel.: 31 9717 3169 Email: cinthiameira@yahoo.com.br

 

Resumo

A Síndrome de Ekbom, também conhecida como delírio de parasitose ou acarofobia, é um estado fóbico obsessivo no qual o paciente pensa, imagina ou acredita que está infestado por parasitas na pele. Em estado alucinatório, retira fragmentos de pele, identificando-os como parasitas. Pode tratar-se de um quadro psiquiátrico primário ou secundário a outros transtornos orgânicos. Geralmente, esses pacientes demoram a procurar ajuda médica, e o dermatologista, quase sempre, é o primeiro profissional procurado. Descrevemos o caso de três pacientes dos quais apresentaram delírio de parasitose, associados a transtornos orgânicos.

Palavras-chave: DELÍRIO, DERMATOLOGIA, PRURIDO, PSIQUIATRIA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações