Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 85 Número 4




Voltar ao sumário

 

Imagens em Dermatologia

Nevo de Spitz: relato de caso e dermatoscopia *

Spitz nevus: a case report and the use of dermoscopy


Ana Maria Costa Pinheiro1, Gustavo Alonso Pereira2, Alessandro Guedes Amorin3, Tatiana Cristina Nogueira Varella4, Horacio Friedman5

1Professora de Dermatologia da Universidade de Brasília (UnB); coordenadora do Ambulatório de Tumores do Hospital Universitário de Brasília (HUB) - Brasília (DF), Brasil.
2Médico dermatologista do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) - São Paulo (SP), Brasil.
3Médico dermatologista do Ambulatório de Cirurgia Dermatológica e Tumores do Hospital Universitário de Brasília (HUB) - Brasília (DF), Brasil.
4Médica dermatologista do Ambulatório de Fototerapia e Tumores do Hospital Universitário de Brasília (HUB) - Brasília (DF), Brasil.
5Professor titular de Patologia da Universidade de Brasília (UnB) - Brasília (DF), Brasil.

Recebido em 16.02.2010. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 22.02.10. * Trabalho realizado no Centro de Fototerapia e Dermatoscopia de Brasília - Brasília (DF), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None Como citar este artigo/How to cite this article: Pinheiro AM, Pereira GA, Amorin AG, Varella TN, Friedman H. Nevo de Spitz: relato de caso e dermatoscopia. An Bras Dermatol. 2010;85(4):555-7.

Correspondência:
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: Ana Maria Costa Pinheiro SQSW 300 - Bloco G - Ap. 606 7067 3034 Brasília - DF

 

Resumo

O nevo de Spitz é uma lesão melanocítica benigna com características clínicas e histopatológicas semelhantes às do melanoma. Foi descrito em 1948, mas até hoje, ainda, existe grande controvérsia no seu diagnóstico e conduta. A utilização da dermatoscopia pode aumentar a sua acurácia diagnóstica. As características dermatoscópicas do nevo de Spitz incluem um padrão estelar (starburst), que é o mais frequente, seguido do padrão globular e do padrão atípico. O diagnóstico deve ser confirmado por exame histopatológico, principalmente, nos casos atípicos.

Palavras-chave: DERMATOSCOPIA, MELANOMA, NEVO DE CÉLULAS EPITELIÓIDES E FUSIFORMES

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações