Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

7

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 85 Número 4




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Estimulação elétrica de alta voltagem como alternativa para o tratamento de úlceras crônicas de membros inferiores

High voltage electrical stimulation as an alternative treatment for chronic ulcers of the lower limbs


Eliane de Fátima Henrique da Silva1, Carla Campos Martins1, Elaine Caldeira de Oliveira Guirro2, Rinaldo Roberto de Jesus Guirro3

1Mestre em Fisioterapia pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) - Piracicaba (SP), Brasil.
2Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu da Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) - Piracicaba (SP), Brasil.
3Professor do Curso de Fisioterapia Universidade de São Paulo (USP) - Ribeirão Preto (SP), Brasil.

Recebido em 28.08.2009. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 31.07.09. * Trabalho realizado na Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) - Piracicaba (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum/ Financial funding: None Como citar este artigo/How to cite this article: Silva EFH, Martins CC, Guirro ECO, Guirro RRJ. Estimulação elétrica de alta voltagem como alternativa para o tratamento de úlceras crônicas de membros inferiores. An Bras Dermatol. 2010;85(4):567-9.

Correspondência:
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: Elaine Caldeira de Oliveira Guirro Rodovia do Açúcar, km 156, Taquaral 13400 911, Piracicaba, São Paulo, Brasil. Tel./Fax: 19 3124 1558 e-mail: ecguirro@unimep.br

 

Resumo

A estimulação elétrica de alta voltagem tem sido indicada para acelerar processos de cicatrização. Os efeitos da estimulação elétrica de alta voltagem, no tratamento de três voluntários com úlceras crônicas de membros inferiores, foram avaliados. Após quinze semanas de tratamento, pôde ser observada a redução da área de todas as úlceras, a qual sugere que a EEAV é um método eficaz no tratamento de úlceras crônicas.

Palavras-chave: CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS, ESTIMULÃÇÃO ELÉTRICA, MODALIDADES DE FISIOTERAPIA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações