Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 85 Número 4




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Leucodermia punctata após tratamento com Puvasol tópico

Leukoderma punctata following topical PUVAsol treatment


Nurimar Conceição Fernandes1, Juliana Carnevale Pina2

1Professor associado da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro - Hospital Universitário Clementino Fraga Filho - Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
2Aluna do curso de especialização em dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro - Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Recebido em 26.01.2009. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 27.11.2009. * Trabalho realizado no Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira (IPPMG/ UFRJ) e Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF/UFRJ) - Serviço de Anatomia Patológica - Rio de Janeiro (RJ), Brasil Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro: Nenhum / Financial funding: None Como citar este artigo/How to cite this article: Fernandes NC, Pina JC. Leucodermia punctata após tratamento com Puvasol tópico. An Bras Dermatol. 2010;85(4):571-2

Correspondência:
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA / MAILING ADDRESS: Nurimar Conceição Fernandes Rua Alexandre de Gusmão, no 28, ap. 201 20520 120 Rio de Janeiro, RJ Tel./fax: 21 2568 4158 E-mail: nurimarfernandes@terra.com.br

 

Resumo

Duas adolescentes e uma menina com vitiligo clinicamente diagnosticado foram tratadas com 8- metoxipsoraleno a 0,2% em creme Lanette com subsequente exposição solar. Um ano após, apresentaram máculas acrômicas na área do vitiligo. A biópsia de pele em um dos casos revelou melanócitos com escassa pigmentação melânica. Os achados clínicos e histológicos sugerem o diagnóstico de leucodermia punctata.

Palavras-chave: HIPOPIGMENTAÇÃO, PSORALENOS, VITILIGO

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações