Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

10

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

10

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 85 Número 5




Voltar ao sumário

 

Investigação

Associação de emblica, licorice e belides como alternativa à hidroquinona no tratamento clínico do melasma*

Association of emblica, licorice and belides as an alternative to hydroquinone in the clinical treatment of melasma *


Adilson Costa1, Thaís Abdalla Moisés2, Tatiana Cordero3, Caroline Romanelli Tiburcio Alves4, Juliana Marmirori 5

1Dermatologista; mestre em Dermatologia pela Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp); doutorando em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP); coordenador dos setores de Acne, Cosmiatria e Pesquisa Clínica em Dermatologia do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) - Campinas (SP), Brasil.
2Médica; primeiranista de especialização em Dermatologia do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) - Campinas (SP), Brasil.
3Dermatologista - Campinas (SP), Brasil.
4Médica; segundanista de especialização em Dermatologia do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) - Campinas (SP), Brasil.
5Médica; primeiranista de residência em Dermatologia do Serviço de Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) - Campinas (SP), Brasil.

Recebido em 19.08.2009. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 30.04.2010. * Trabalho realizado na KOLderma Instituto de Pesquisa Clínica Ltda. - Campinas (SP), Brasil Conflito de interesse: Nenhum: None Suporte financeiro: Os produtos Clariderm Clear®, Clariderm® e SpectraBAN T® FPS35 e os gastos referentes a transporte e alimentação das voluntárias foram assumidos por Laboratórios Stiefel Ltda., Guarulhos (SP), Brasil, para a realização deste estudo de Interesse do Investigador.

Correspondência:
Adilson Costa Rua Original, 219 Vila Madalena 05435-050 São Paulo - SP Tel./fax: 11 3034 1170 / 11 3034 1932 E-mail: adilson_costa@hotmail.com

 

Resumo

FUNDAMENTOS: Melasma é uma melanodermia comum, cuja terapêutica representa um desafio clínico.
OBJETIVOS: Avaliar a eficácia e segurança clínicas do complexo despigmentante emblica, licorice e belides, em comparação à hidroquinona 2%, na abordagem do melasma.
MÉTODOS: Após 60 dias de uso exclusivo de fotoprotetor FPS35, 56 mulheres com idades entre 18 e 60 anos, fotótipos I a IV, com melasma epidérmico ou misto, foram divididas em dois grupos de um estudo clínico monocego: A) creme contendo complexo despigmentante emblica, licorice e belides 7%, usado duas vezes ao dia; B)creme de hidroquinona 2%, usado à noite. O estudo durou 60 dias consecutivos e avaliações médica, das voluntárias (auto-avaliação) e fotográfica (Visia®) foram realizadas quinzenalmente.
RESULTADOS: 89% das voluntárias (50/56), 23 do Grupo A e 27 do Grupo B, concluíram o estudo. Duas voluntárias do Grupo A contra sete do Grupo B apresentaram eventos adversos leves transitórios. Houve despigmentação do melasma pelas avaliações médica (Grupo A: 78,3%; Grupo B: 88,9%) e auto-avaliação (Grupo A: 91,3%; Grupo B: 92,6%), todos estatisticamente significantes (p<0,001), sem diferenças entre os grupos (p>0,05). O mesmo padrão foi observado pelo Visia®, tanto no número (p = 0,001) quanto no tamanho e no tom (p<0,001), para ambos os grupos, e sem diferenças entre eles (p>0,05) nas manchas UV.
CONCLUSÕES: Não houve diferença estatística na melhora do melasma nos dois grupos; o Grupo A apresentou menor incidência de eventos adversos. Logo, o complexo despigmentante emblica, licorice e belides é uma alternativa segura e eficaz na abordagem do melasma.

Palavras-chave: Hidroquinona, Melanose, Phyllanthus emblica

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações