Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 81 Número S3




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Acantoma epidermolitico da região escrotal

Epidermolytic acanthoma of the scrotum


NELSON GUIMARÃES PROENÇA1, NILCEO SCHWERY MICHALANY2

1Dermatologista, Médico Voluntário da Clínica de Dermatologia da Santa Casa de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil.
2Dermatopatologista, Médico Voluntário da Clínica de Dermatologia da Santa Casa de São Paulo - São Paulo (SP), Brasil.

Recebido em 29.01.2004. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 07.06.2006. Trabalho realizado em Clínica privada. Conflito de interesse declarado: Nenhum _Como citar este artigo:_ Proença NG, Michalany N. Acantoma epidermolitico da região escrotal. An Bras Dermatol. 2006;81(5 Supl3):S270-2.

Correspondência:
Nelson Guimarães Proença Rua Prof Artur Ramos, 241 - 9o. Andar 01454-011 - São Paulo - SP Tel.: (11) 3032-4633 / Fax: (11) 3032-7573 "E-mail":nelson@proencaderm.med.br

 

Resumo

São apresentados dois casos de acantoma epidermolítico da região escrotal. Trata-se de homens com 52 e 68 anos de idade, tendo 21 e cinco lesões, respectivamente, todas assintomáticas. O exame anatomopatológico foi característico, mostrando hiperplasia da epiderme com alteração epidermolítica da porção superior da camada espinhosa, que se estende até a camada granulosa. Casos como esses não têm sido publicados, até aqui, no Brasil. O registro dos casos foi feito para despertar o interesse de dermatologistas e urologistas por uma afecção que não parece ser tão rara, conforme tem sido afirmado.

Palavras-chave: ACANTOMA, EPIDERME, ESCROTO, GENITÁLIA MASCULINA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações