Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 81 Número S3




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Angioqueratoma pseudolinfomatoso acral – relato de caso

Acral pseudolymphomatous angiokeratoma – a case report


FERNANDA MARIA ZUCOLOTO FREIRE1, JOÃO BASILIO DE SOUZA FILHO2, LUIZ CALICE CINTRA3, LUCIA MARTINS DINIZ4

1Médica Dermatologista.
2Chefe do Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de Vitória - Vitória (ES), Brasil.
3Professor de Patologia da Escola de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de Vitória - Vitória (ES), Brasil.
4Professora Assistente de Dermatologia do Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Misericórdia de Vitória - Vitória (ES), Brasil.

Recebido em 12.05.2003. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 07.08.2006. Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia da Santa Casa de Misericordia de Vitória - Vitória (ES), Brasil. _Como citar este artigo:_ Freire FMZ, Filho JBS, Cintra LC, Diniz LM. Angioqueratoma pseudolinfomatoso acral – relato de caso. An Bras Dermatol. 2006;81(5 Supl 3):S277-80. Conflito de interesse declarado: Nenhum

Correspondência:
Fernanda Maria Zucoloto Freire Av. Antônio Borges, 225 – Bairro Mata da Praia 29065–250 - Vitória – ES Tels: (27) 3235-9607 / 9836-9205 "E-mail":fernandazf@yahoo.com.br

 

Resumo

Paciente de 29 anos, do sexo feminino, com aparecimento há quatro anos de pápulas assintomáticas, eritêmato-acastanhadas, no antebraço direito. Duas das lesões foram biopsiadas para exames histopatológico e imuno-histoquímico. A paciente foi inicialmente tratada com corticoterapia intralesional, sem melhora. Procedeu-se, então, à exérese das lesões com resolução completa do quadro.

Palavras-chave: IMUNO-HISTOQUÍMICA, PELE, PSEUDOLINFOMA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações