Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

9

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 86 Número 1




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Porfiria cutânea tarda e lúpus eritematoso sistêmico *

Porphyria cutanea tarda and systemic lupus erythematosus


Leticia Haendchen1, Juliana Merheb Jordão1, Osvaldo Haider2, Francisco Araújo2, Thelma L. Skare3

1Residentes do Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba (Huec) – Curitiba (PR), Brasil.
2Residentes do Serviço de Reumatologia do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba (Huec) – Curitiba (PR), Brasil.
3Preceptora do serviço de residência em reumatologia do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba (Huec) – Curitiba (PR), Brasil.

Recebido em 24.06.2009. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 27.11.09. * Trabalho realizado nos Serviços de Reumatologia e Dermatologia do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba (Huec) – Curitiba (PR), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum

Correspondência:
Thelma L. Skare Rua João Alencar Guimarães, 796 80310-420 Curitiba - PR, Brasil E-mail: tskare@onda.com.br

 

Resumo

A associação de lúpus eritematoso sistêmico e porfiria, embora rara, é conhecida de longa data. Ela obriga o médico a realizar um cuidadoso diagnóstico diferencial das lesões bolhosas nesses pacientes e tomar cuidados com a prescrição de certas drogas, como a cloroquina. Esta, nas doses habituais para tratamento do lúpus, pode causar hepatotoxicidade em pacientes com porfiria. Descreve-se o caso de uma paciente com lúpus que desenvolveu lesões bolhosas compatíveis com porfiria cutânea tardia.

Palavras-chave: ANTICORPOS ANTINUCLEARES, LUPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO, PORFIRIA CUTÂNEA TARDIA, PORFIRIAS

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações