Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 86 Número 2




Voltar ao sumário

 

Investigação

Efeitos da radiação solar crônica prolongada sobre o sistema imunológico de pescadores profissionais em Recife (PE), Brasil*

Effects of long-term chronic exposure to sun radiation in immunological system of commercial fishermen in Recife, Brazil*


Sarita Maria de Fátima Martins de Carvalho Bezerra1, Mirian Nakagami Sotto2, Noemia Mie Orii3, Cleiton Alves3, Alberto José da Silva Duarte4

1Doutora; dermatologista; professora voluntária do Centro de Estudos Dermatológicos do Recife (PE) (Ceder), Brasil.
2Doutora; patologista da Universidade de São Paulo (USP) - Laboratório de Imunopatologia e Alergia (LIM-56) – São Paulo (SP), Brasil.
3Mestres; biólogos da Universidade de São Paulo (USP) - Laboratório de Imunopatologia e Alergia (LIM-56) – São Paulo (SP), Brasil.
4Livre-docente; titular do Departamento de Patologia da Universidade de São Paulo (USP) – São Paulo (SP), Brasil.

Recebido em 21.01.2010. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 01.07.2010. * Trabalho realizado na Universidade de São Paulo - Laboratório de Imunopatologia e Alergia (LIM-56) – São Paulo (SP), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum / Conflict of interest: None Suporte financeiro / Financial funding: Este estudo teve o suporte financeiro do Laboratório de Imunopatologia da Universidade de São Paulo, Escola de Medicina, Hospital das Clínicas e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para realização dos testes imunológicos

Correspondência:
Sarita Maria de Fátima Martins de Carvalho Bezerra Rua Ernesto de Paula Santos, 187 – Sala 301 – Boa Viagem 51020-330 Recife - PE Tel.: 81 34741-019 E-mail: saritamartins@uol.com.br

 

Resumo

FUNDAMENTOS: Existe um consenso de que a exposição à radiação ultravioleta determina alterações no sistema imunológico da pele, o que permite que se avente a hipótese de que a exposição prolongada e crônica ao Sol pode representar uma das maiores agressões ambientais à saúde humana. Entre as várias ocupações que requerem, necessariamente, exposição prolongada e crônica ao Sol está a de pescador. No entanto, a experiência clínica dermatológica, amealhada ao longo de vários anos de exercício da Medicina, não parece confirmar essa hipótese. OBJETIVO: Avaliar efeitos clínicos, histológicos e imunológicos da exposição crônica e prolongada à radiação ultravioleta em pescadores. MÉTODOS: Em estudo prospectivo, transversal, observacional, foram caracterizadas lesões dermatológicas, marcadores imunológicos e alterações histológicas de pescadores e subpopulações de linfócitos comparadas a grupo-controle. Empregaram-se testes de Mann-Whitney, exato de Fisher, Wilcoxon em nível de 0,05. RESULTADOS: Houve diferenças entre os grupos exposto e protegido em elastose (p = 0,03), ectasia de vasos dérmicos (p = 0,012) e número de células nas camadas epidérmicas entre os cones (p = 0,029). Foram mais comuns em pescadores CD45RO, CD68+ e mastócitos na pele (p = 0,040, p < 0,001 e p = 0,001); CD3CD8CD45RO no sangue (p = 0,016). CONCLUSÃO: As alterações sugerem que exposição crônica e prolongada ao sol promove tolerância à radiação ultravioleta, protetora da imunossupressão.

Palavras-chave: ALERGIA E IMUNOLOGIA, ANTÍGENOS, DERMATOLOGIA, PELE, RAIOS ULTRAVIOLETA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações