Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

5

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

5

dias para responder ao Questionário Online

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 86 Número 3




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Papilomatose cutânea florida e acantose nigricante maligna reveladoras de neoplasia gástrica *

Florid cutaneous papillomatosis and acanthosis nigricans maligna revealing gastric adenocarcinoma *


Ana Brinca1, José Carlos Cardoso2, Maria Manuel Brites2, Óscar Tellechea3, Américo Figueiredo4

1Médica-interna de Dermatologia – Hospitais da Universidade de Coimbra, EPE Serviço de Dermatologia – Coimbra – Portugal.
2Médico (a) – Especialista em Dermatologia e Venereologia – Hospitais da Universidade de Coimbra, EPE Serviço de Dermatologia – Coimbra – Portugal.
3Professor-doutor – Chefe do Serviço de Dermatologia e Venereologia – Hospitais da Universidade de Coimbra, EPE Serviço de Dermatologia – Coimbra – Portugal.
4Professor-doutor – Diretor do Serviço de Dermatologia e Venereologia – Hospitais da Universidade de Coimbra, EPE Serviço de Dermatologia – Coimbra – Portugal.

Recebido em 31.05.2010. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 20.06.2010. * Trabalho realizado nos Hospitais da Universidade de Coimbra, EPE Serviço de Dermatologia – Coimbra – Portugal. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum

Correspondência:
Ana Brinca Serviço de Dermatologia dos Hospitais da Universidade de Coimbra Praceta Dr. Mota Pinto 3000-075 Coimbra, Portugal Tel.: +351239400420 E-mail: anabrinca@gmail.com

 

Resumo

Apresenta-se o caso clínico de um doente de 57 anos, previamente saudável, sem sintomatologia sistêmica, que, num curto intervalo de tempo, desenvolve múltiplas lesões semelhantes a verrugas virais no tronco, membros e face, lesões típicas de acantose nigricante nas grandes pregas e uma queratodermia difusa palmar com paquidermatoglifia. Os exames complementares de diagnóstico revelaram uma neoplasia gástrica metastizada. Apesar da instituição da terapêutica, com efeito transitório na neoplasia e nas lesões cutâneas, o doente viria a falecer em 14 meses. Salientamos a associação destas três dermatoses paraneoplásicas num mesmo paciente: papilomatose cutânea florida, acantose nigricante maligna e tripe palms que parecem ter um mecanismo patogênico comum.

Palavras-chave: ACANTOSE NIGRICANS, NEOPLASIAS GÁSTRICAS, SÍNDROMES PARANEOPLÁSICAS

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações