Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 86 Número 3




Voltar ao sumário

 

Comunicação

Múltiplos carcinomas basocelulares na região pubiana em uma paciente fototipo IV - Relato de caso*

Multiple basal cell carcinomas in the pubic area in a patient with skin type IV - Case report


Cristiani Banhos Ferreira1, Lucia Martins Diniz2, João Basilio de Souza Filho3

1Mestranda em Doenças Infecciosas pela Universidade Federal do Espírito Santo – Vitória (ES), Brasil.
2Doutora em Dermatologia pela Universidade Federal do RJ - Professora adjunta da clínica médica (dermatologia) da Universidade Federal do Espírito Santo – Vitória (ES), Brasil.
3Professor titular da Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória – Vitória (ES), Brasil.

Recebido em 16.02.2010. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 09.05.10. * Trabalho realizado no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória – Vitória (ES), Brasil. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum

Correspondência:
Cristiani Banhos Ferreira Rua Aleixo Netto, 1003- apto402. Praia do Canto, 29055-145 Vitória - ES, Brasil Celular: 27 9941-8499 E-mail: crisbanhos@hotmail.com

 

Resumo

O carcinoma basocelular é a neoplasia maligna cutânea mais comum em humanos, localizando-se, frequentemente, em áreas expostas e em indivíduos de pele clara. Relata-se o caso de uma paciente de 62 anos, faiodérmica, com múltiplas lesões de bordas discretamente elevadas, eritemato-acastanhadas na região pubiana, cujo diagnóstico clínico foi carcinoma basocelular pigmentado, confirmado através do estudo histopatológico. A imunoistoquímica das lesões foi negativa para a pesquisa de papiloma vírus.

Palavras-chave: CARCINOMA BASOCELULAR, IMUNOISTOQUÍMICA, NEOPLASIAS CUTÂNEAS

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações