Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 86 Número 3




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Linfoma cutâneo primário de grandes células B de apresentação atípica - Relato de caso *

Primary cutaneous large B-cell lymphoma of atypical presentation - Case report


Antônio René Diógenes de Sousa1, Igor Santos Costa2, Edmar Fernandes de Araujo Filho3, Natália Braga Hortêncio Jucá3, Weline Lucena Landim Miranda3

1Residência em Dermatologia - Coordenador da Residência em Dermatologia do Centro de Dermatologia Dona Libânia (CDERM) - Professor da disciplina de Dermatologia da Universidade Estadual do Ceará (UECE) - Professor da disciplina de Dermatologia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR) – Fortaleza (CE), Brasil.
2Graduação em Medicina - Residência em Patologia na Universidade de São Paulo (USP) – Patologista do Centro de Dermatologia Dona Libânia (CDERM) – Fortaleza (CE), Brasil
3Residência médica em Dermatologia no Centro de Dermatologia Dona Libânia (CDERM) – Fortaleza (CE), Brasil.

Recebido em 03.12.2009. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 11.05.10. * Trabalho realizado no Centro de Dermatologia Dona Libânia, Fortaleza-CE. Conflito de interesse: Nenhum Suporte financeiro: Nenhum

Correspondência:
Antônio René Diógenes de Sousa Rua Pedro I, 1033, Centro 60035-101 Fortaleza (CE) - Brasil E-mail: renediogenes@terra.com.br

 

Resumo

Linfomas cutâneos primários são definidos como neoplasias linfocíticas que se apresentam clinicamente na pele sem doença extracutânea no momento do diagnóstico e até por 6 meses após. Os autores relatam o caso de um paciente masculino, idoso, com história de pápulas em axila, há 3 meses, que evoluíram para ulceração. Ao exame, úlcera profunda de bordos irregulares, infiltrados, em axila direita. Exames físico e complementares não evidenciaram doença à distância. O histopatológico mostra infiltrado dérmico denso e difuso de linfócitos atípicos. A imuno-histoquímica evidencia expressão de antígenos CD20 e bcl-2, com CD10 negativo, configurando diagnóstico de linfoma cutâneo difuso de grandes células B. Neste tipo de linfoma, é rara a manifestação cutânea primária, assim como a incidência é menor em homens e a localização, mais comum em membros inferiores.

Palavras-chave: IMUNOISTOQUÍMICA, LINFOMA DIFUSO DE GRANDES CÉLULAS, ÚLCERA CUTÂNEA

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações