Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 81 Número S3




Voltar ao sumário

 

Caso Clínico

Síndrome de Sweet em cicatriz cirúrgica

Sweet’s Syndrome on Surgical Scar


ISADORA CAVALCANTI RAMOS1, CLÁUDIO TUDECH WIERING2, ANTONIO JOSÉ TEBCHERANI3, ANA PAULA GALLI SANCHEZ4

1Título de Especialista em Clínica Médica, Residente de Dermatologia do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos - Guarulhos (SP), Brasil.
2Título de Especialista em Cirurgia Plástica, Assistente de Cirurgia Plástica do Serviço de Dermatologia do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos - Guarulhos (SP), Brasil.
3Mestre em Dermatopatologia, Título de Especialista em Patologia, Chefe do Laboratório de Dermatopatologia do Serviço de Dermatologia do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos - Guarulhos (SP), Brasil.
4Mestre em Ciências, Título de Especialista em Dermatologia, Médica Assistente do Serviço de Dermatologia do Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos - Guarulhos (SP), Brasil.

Recebido em 23.11.2004. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 06.01.2006. Trabalho realizado no Complexo Hospitalar Padre Bento de Guarulhos - Guarulhos (SP), Brasil. Conflito de interesse declarado: Nenhum _Como citar este artigo:_ Ramos IC, Wiering CT, Tebcherani AJ, Sanchez APG. Síndrome de Sweet em cicatriz cirúrgica. An Bras Dermatol. 2006;81(5 Supl 3):S324-6

Correspondência:
Isadora Cavalcanti Ramos Rua Canuto de Aguiar, 391, apto 600 - Meireles 60160-120 - Fortaleza - CE Tel/Fax: (85) 326-1186 / (11) 6440-4233" "E-mail":isadoraramos@terra.com.br

 

Resumo

A síndrome de Sweet é dermatose rara, caracterizada por erupção aguda de placas e nódulos eritêmato-edematosos. Relata-se o caso de doente do sexo feminino, de 55 anos, com lesão cutânea compatível com síndrome de Sweet ao redor de cicatriz cirúrgica na face, após exérese de ceratose actínica e ingestão de dipirona. O caso relatado ressalta a possibilidade da ocorrência do fenômeno de Köebner na síndrome de Sweet, provavelmente desencadeado pelo uso da dipirona.

Palavras-chave: CIRURGIA, DIPIRONA, FERIMENTOS E LESÕES, SÍNDROME DE SWEET

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações