Sociedade Brasileira de Dermatolodia

Anais Brasileiros de Dermatologia

GO TO

ISSN-e 1806-4841

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Associado da SBD, caso não possua ou esqueceu sua senha, solicite-nos.

Assinantes dos ABD

Prazo encerrado para respostas!

Acesso Restrito:


Assinantes devem se logar utilizando o e-mail cadastrado como login. Se não possuir, ou não lembrar o seu login e senha, Solicite Aqui!

Associados da SBD

Volume 86 Número 3




Voltar ao sumário

 

Investigação

Criopeeling para tratamento de fotodano e ceratoses actínicas: comparação entre nitrogênio líquido e sistema portátil

Cryopeeling for treatment of photodamage and actinic keratosis: liquid nitrogen versus portable system *


Janyana Marcela Doro Deonizio1, Fabiane Andrade Mulinari-Brenner2

1Especialista em Dermatologia pelo Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR); Residência em Clínica Médica pelo Hospital de Clínicas da Universidade Federal (UFPR) – Curitiba (PR), Brasil.
2Mestre em Medicina Interna; professora e chefe do Serviço de Dermatologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR) – Curitiba (PR), Brasil.

Recebido em 21.01.2010. Aprovado pelo Conselho Consultivo e aceito para publicação em 01.07.2010. * Trabalho realizado no Serviço de Dermatologia do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (HC – UFPR) – Curitiba (PR), Brasil. Conflito de interesse: O sistema portátil foi fornecido gratuitamente pela empresa Neolatina, mas sem qualquer auxílio financeiro para realização do estudo. Não há, portanto, conflito de interesses entre os pesquisadores. Suporte financeiro: Nenhum

Correspondência:
Janyana M. D. Deonizio Avenida Anita Garibaldi, 964 – Ap. 1.403B 80540-180 Curitiba - PR E-mail: janyanadd@yahoo.com.br

 

Resumo

FUNDAMENTOS: O criopeeling utiliza a crioterapia difusa não somente nas lesões de ceratose actínica, mas em toda a pele fotodanificada. OBJETIVOS: Comparar dois métodos de criopeeling (nitrogênio líquido e sistema portátil de éter dimetílico, propano e isobutano) quanto à eficiência no tratamento de ceratoses actínicas, tolerabilidade do paciente, preferência do paciente e do pesquisador e resultado estético. MÉTODOS: Dezesseis pacientes (n=16) com múltiplas ceratoses actínicas nos antebraços foram submetidos ao criopeeling com nitrogênio líquido em um dos antebraços e com o sistema portátil no outro, randomicamente. RESULTADOS: No tratamento das ceratoses actínicas, o nitrogênio líquido obteve 74% de eficiência e o sistema portátil, 62% (p=0,019). A média da escala visual analógica (0-10) foi 5,7±1,61 com o nitrogênio líquido e 4,3±1,44 com o sistema portátil (p=0,003). Não houve diferença estatística entre os métodos quanto à preferência do paciente e do pesquisador. Na análise das fotos, observou-se melhora do aspecto da pele nos dois tratamentos (p<0,001). Com o nitrogênio líquido, em 62,5% das vezes houve algum grau de melhora; com o sistema portátil, em 52% (p>0,05). CONCLUSÕES: A técnica de criopeeling pode ser uma opção no tratamento de fotodano. O sistema portátil pode ser uma alternativa interessante na prática clínica, com boa tolerância e resultados aceitáveis no tratamento de ceratoses actínicas.

Palavras-chave: CERATOSE ACTÍNICA, CRIOTERAPIA, ENVELHECIMENTO DA PELE

© 2017 Sociedade Brasileira de Dermatologia - Todos os direitos reservados

GN1 - Sistemas e Publicações